Não categorizado

Beleza é fundamental? Esses 5 carros ditos feios provam que não!

O poeta Vinícius de Moraes que perdoe este jornalista, mas a célebre frase de que “beleza é fundamental” não parece fazer sentido dentro do contexto automotivo. Afinal, não são raros os casos de carros que, mesmo apontados como feios pelos consumidores, conseguem obter números de vendas bastante expressivos.

VEJA TAMBÉM:

Duvida? Pois deu até para fazer um listão com 5 desses modelos. O parâmetro (anti) estético é a reação de vocês, leitores: todos os carros enumerados aqui são verdadeiros campeões de rejeição, sendo recorrentemente chamados de feios comentaristas do AutoPapo.

Veja 5 carros ditos feios que vendem muito bem

Entraram no ranking apenas modelos atuais, encontrados zero-quilômetro no mercado brasileiro, com números de vendas satisfatórios dentro das respectivas categorias. Ademais, o AutoPapo já relembrou, no passado, carros feios que já estão fora de linha. Explicados todos os critérios, confira o listão!

1. Mitsubishi Pajero Sport

mitsubishi pajero sport 2021 11
Para os internautas, problema do Pajero Sport é o formato das lanternas traseiras

As reclamações dos leitores do AutoPapo sobre o visual do Mitsubishi Pajero Sport estão concentradas na traseira. E a culpa é do design incomum das lanternas: vários comentaristas argumentaram que elas parecem estar “escorrendo”. É verdade que, para a linha 2021, o SUV ganhou uma reestilização que reduziu um pouco o tamanho desses componentes, mas o resultado ainda gera reclamações dos internautas.

Apesar disso, o modelo é bom de mercado para a faixa de preço em que está inserido (de R$ 348.990 a R$ 383.990). O Pajero Sport não consta entre os 50 veículos mais vendidos do país, mas, segundo a agência AutoInforme, foram 1.804 unidades emplacadas ao longo de 2020. Isso dá ao Mitsubishi o terceiro lugar de um segmento formado por 10 SUVs de 7 lugares, atrás apenas de Toyota SW4 e Chevrolet TrailBlazer.

2. Toyota Corolla Cross

3 toyota corolla cross flex 2022
Corolla Cross vem se mostrando um verdadeiro fenômeno de vendas

A Toyota recebeu uma enxurrada de críticas dos leitores do AutoPapo quando o Corolla Cross chegou ao mercado, no último mês de março: a grade dianteira muito grande e as lanternas traseiras afiladas foram os elementos mais condenados. Mas o fato que, feios ou não, os carros da gama estão vendendo muitíssimo bem.

Somente seis meses após ter sido lançado, o Corolla Cross já ocupa a vice-liderança da categoria dos SUVs médios, perdendo apenas para o Jeep Compass. A novidade também conseguiu a proeza de ultrapassar, em vendas, o “irmão” sedan. No resultado acumulado de 2021 até o mês de agosto, a Toyota já emplacou 20.166 unidades do modelo. Os preços da gama vão de R$ 146.590 até R$ 188.590.

3. Hyundai HB20

novo hb20 2019 09 16 at 21 33 3
HB20 atual manteve a aceitação da geração anterior, apesar do design controvertido

Exatos dois anos atrás, a segunda geração do Hyundai HB20 chegava ao mercado. O design gerou enormes controvérsias, fazendo com que os comentaristas do AutoPapo previssem resultados comerciais catastróficos para a gama. Diziam eles que, com o então novo visual,  nem o hatch nem o sedan conseguiriam manter as boas vendas da linhagem anterior.

O caso é que essa questão estética não parece ter feito diferença para os olhos do mercado, pois o HB20 permaneceu entre os automóveis mais vendidos do Brasil. Em agosto, o hatch ocupou o quarto lugar geral no ranking de emplacamentos, com 6.795 unidades. Por sua vez, o sedã foi o líder do segmento e o 15º mais comercializado, com 2.197 exemplares. Recém-lançada, a linha 2022 tem preços de R$ 59.890 a R$ 92.790.

4. Hyundai Creta

hyundai creta 2022 creta platinum 22
Lanternas e faróis subdivididos em vários elementos são os maiores alvos de críticas

Pois é, outro Hyundai na lista dos carros feios que vendem bem. Se a marca sul-coreana ousou com o estilo do HB20, com o Creta os designers foram ainda mais longe. Muitos não gostaram, em especial, dos faróis e das lanternas subdivididos em vários elementos. Também sobrou para o formato da grade frontal e para os inúmeros vincos da carroceria.

Como o novo Creta acabou de chegar ao mercado, com valores entre R$ 107.490 e R$ 146.990, ainda não existem números de emplacamentos referentes a ele. Entretanto, durante o lançamento, a Hyundai afirmou que fez diversas pesquisas com o público consumidor e que estava totalmente confiante no sucesso comercial do SUV. Em agosto, o modelo antigo somou 4.822 unidades comercializadas, garantindo o sétimo lugar geral.

5. Fiat Mobi

fiat mobi like 2021 cinza de frente
Fiat Mobi é um dos queridinhos do consumidor brasileiro em 2021

É verdade que nem todos desgostam do Mobi: parte dos leitores faz questão de destacar que aprecia o visual da carroceria. Porém, outra parcela dos internautas não perdoa o modelo, chamando-o de “coisinha” e criticando, em especial, o tamanho dos faróis e os enormes vincos nos para-lamas. Para eles, esses elementos são exagerados para o porte do subcompacto.

Mas o fato é que o Mobi caiu no gosto do público consumidor. Após aumentar a participação no segmento ao longo dos anos, o hatch ocupa, atualmente, a vice-liderança do mercado entre os veículos de passeio, com 7.538 exemplares vendidos em agosto. Se não é unanimidade que o pequeno da Fiat é um dos carros mais feios do país, é fato que ele está entre os mais acessíveis, com preços entre R$ 47.990 a R$ 59.990.

Importância do design vai além do visual: Boris Feldman explica em vídeo! 

O post Beleza é fundamental? Esses 5 carros ditos feios provam que não! apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?