Não categorizado

Carros mais econômicos com motor flex em 2021

Um dos principais problemas dos brasileiros são os altos preços do combustível e as formas de economizar o mesmo. O consumo dos veículos também é um dos quesitos mais importantes para quem procura um veículo novo. Na maioria das vezes, os carros flex (principalmente os 1.0) levam vantagem por poder ser abastecido com gasolina e etanol. Pensando nisso, o Garagem360 traz para você uma lista com os carros mais econômicos com motor flex que estão a venda atualmente.

Carros mais econômicos com motor flex em 2021

Todo ano, o Inmetro divulga um relatório do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), que traz os dados de consumo de todos os veículos do Brasil. Além disso, eles fazem o controle de emissão de poluentes e o consumo energético dos mesmos. Usamos esse último critério para definir a ordem dos carros mais econômicos do Brasil.

Chevrolet Onix Plus LT 1.0 (1,34 Mj/km)

Foto: Divulgação/Chevrolet

Abrimos a lista com o sedã mais econômico do Brasil. Lançado em 2019, o Chevrolet Onix sedã oferece um ótimo espaço interno, um porta-malas grande e preços justos. A versão LT usa o motor 1.0 aspirado e está custando R$69.060. Ele tem 82 cv de potência e 10,6 kgfm de torque. Segundo dados do órgão, ele faz 14,3 km/l (gasolina) e 10,1 km/l (etanol) na cidade e 17,7 km/l (gasolina) e 12,5 km/l (etanol) na estrada.

Toyota Corolla Altis Hybrid (1,38 Mj/km)

Foto: Divulgação/Toyota

Você deve está pensando: o que o Corolla híbrido está fazendo na lista dos carros mais econômicos com motor flex? O Toyota Corolla Altis Hybrid é o primeiro veículo do País que tem um propulsor bicombustível (o 1.8L VVTi 16v DOHC Flex) e ainda usa um sistema elétrico. Lançado em 2020, eles podem produzir uma potência máxima de 122 cv.

Os números de consumos são muitos bons. Com gasolina, o modelo faz 14,5  km/l na estrada e 16,3 km/l na cidade. Agora, com etanol, o consumo é de 10,9 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada.

Renault Kwid (1,39 Mj/km)

Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Divulgação/ Renault

Na terceira posição Renault Kwid. Além de ser um dos carros mais baratos do Brasil, ele também é um dos que menos obrigam seus donos a fazer paradas frequentes no posto de gasolina. Custando a partir de R$ 44.390 (Kwid Life), o compacto usa o motor 1.0 12 SCe. Segundo o Inmetro, ele pode fazer 14,9 (gasolina) e 10,3 km/l (etanol) na cidade. Já nos trechos de estrada, ele faz 15,6 km/l (gasolina) e 10,8 km/l (etanol).

Chevrolet Onix 1.0 (1,40 Mj/km)

Foto: Divulgação/Chevrolet

Se o Onix Plus lidera o ranking dos carros mais econômicos do Brasil, a versão hatch aparece na quarta posição. Ele possui um consumo energético de 1,40. Com o mesmo motor 1.0 aspirado usado pelo irmão de três volumes, o carro faz: 13,9 km/l (gasolina) e 9,9 km/l (etanol) na cidade; 16,7 km/l (gasolina) e 11,7 km/l (etanol) na estrada. Seus preços estão a partir de R$ 63.430 na versão LS e R$ 65.530 na versão LT.

Fiat Mobi 1.0 (1,43 Mj/km)

Foto: Divulgação/Fiat

Fechando a lista, o Fiat Mobi que além de ser o mais econômico, é o mais barato de toda a gama de veículos que a marca italiana oferece atualmente. Para se ter uma ideia, a versão Easy está custando a partir de R$ 42.990. Com um propulsor Fire 1.0 EVO 8v Flex, ele pode fazer 13,5 km/l (gasolina) e 9,2 km/l (etanol) na cidade e 15,2 km/l (gasolina) e 10,2 km/l (etanol) na estrada. Ou seja, um consumo energético de 1,43 mj/km.

O post Carros mais econômicos com motor flex em 2021 apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?