Não categorizado

Chevrolet Onix RS ou Fiat Argo HGT: qual hatch com visual esportivo é melhor?

Pensando em todos os carros que são fabricados por aqui, existe um categoria que faz falta por aqui. E não estamos falando das station wagon (que praticamente foram extintas). Na verdade, estamos falando dos hatches esportivos. Poucos carros conseguiram repetir o feito de Escort XR3 e VW Gol GTi. Hoje em dia, temos alguns que até tentam reviver este estilo mais jovem e livre, como o Chevrolet Onix RS e o Fiat Argo HGT. Qual hatch com visual esportivo é melhor entre os dois?

Chevrolet Onix RS ou Fiat Argo HGT: qual hatch com visual esportivo é melhor?

E este tipo de carro já é bastante comum na cultura automobilística do Brasil. Podemos citar alguns veículos produzidos pelas duas fabricantes aqui citadas Este é o caso de: Corsa GSI; Astra GSI; Palio Sporting, entre outros. Agora, chegou a vez de Onix e Argo receberem um visual mais apimentado.

Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat do Brasil

E os dois hatches compactos possui bastante semelhanças. Custando R$ 81.430, o modelo da Chevrolet é o mais recente entre os dois. Ele foi lançado no ano passado como uma das grandes novidades da linha 2021. Enquanto isso, o veículo da montadora italiana tem preços a partir de R$ 84.890. Apesar de ter apresentado mudanças para o ano de 2021, o ele já está há algum tempo por aqui.

Pensando nas dimensões, cada um leva em dois requisitos. Fabricado em Gravataí-RS, o Onix leva a melhor no comprimento (4.163 mm contra 4.000 mm) e na distância ente-eixos (2.551 mm contra 2.521 mm). Já o mineiro de Betim vence na largura (1.750 mm contra 1.730 mm) e na altura (1.507 mm contra 1.476 mm).

Foto: Divulgação/Chevrolet do Brasil
Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat do Brasil

Com podemos perceber, a diferença entre os dois são poucas. Mas o Argo leva a melhor em um requisito bastante importante: o porta-malas (300 litros contra 275 litros).

Motorização

Sob o capô, o Chevrolet Onix RS traz o já conhecido motor 1.0 turbo Flex. Ele pode gerar uma potência de 116 cv  a 5.550 rpm. O torque é de 16,8 kgfm a 2.000 rpm. Sua velocidade máxima é de 187 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 10,1 segundos. Sua transmissão é a automática de seis velocidades.

Enquanto isso, o Fiat Argo HGT é o único da linha a trazer o propulsor 1.8 E.torQ 16v Flex, que tem potência máxima de 139 cv usando etanol  a 5.750 rpm e torque máximo de 19,27 kgfm. De acordo com a fabricante, ele atinge a velocidade máxima de 169,7 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos. Ele também usa uma transmissão manual de seis velocidades.

Consumo

As duas marcas se destacam quando o assunto é o consumo de combustível. A linha Onix leva melhor neste quesito, visto que seu conjunto melhor possibilita que o carro seja veloz e econômico ao mesmo tempo. Segundo dados do Inmetro, ele pode fazer 11,9 km/l (gasolina) e 8,3 km/l (etanol) na cidade. Já na estrada, ele pode rodar 15,1 km/l (gasolina) e 10,7 km/l (etanol)

Já o Fiat possui bons números, mas não tão bons quantos com os modelos com motor Firely 1.3. Ele pode fazer: 9,9 km/l (gasolina) ou 7 km/l (etanol) no perímetro urbano; 12,8 km/l (gasolina) ou 9,1 km/l (etanol) em trechos de estrada.

Visual esportivo e bem equipados

Se ambas as marcas queriam deixar os seus modelos com um visual mais jovem, podemos dizer que elas conseguiram. Os apliques esportivos deram um ar mais esportivo. Os dois carros se diferenciam por conta de suas roda exclusivas, mudanças na grade e spoliers. Sem falar dos detalhes internos.

Além disso, ambos possuem um bom pacote de equipamentos. Versão top de linha do modelo, o Fiat Argo HGT vem de série com central multimídia UCONNECT, aerofólio traseiro, alarme, ar-condicionado, banco traseiro rebatível, chave canivete com telecomando, computador de bordo, direção elétrica progressiva, controle eletrônico da aceleração (Drive by Wire), sinalização de frenagem de emergência, sistema follow me home, freios ABS com EBD, rodas de aço 14″, controle de estabilidade, volante revestido em couro, sensor de estacionamento, quadro de instrumentos digital, vidros e travas elétricas; e volante com regulagem de altura.

Foto: Divulgação/Stellantis/Fiat do Brasil
Foto: Divulgação/Chevrolet do Brasil

Por outro lado o Chevrolet Onix RS está posicionado entre as versões LTZ e Premier I e oferece seis airbags, alarme, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, luz de condução diurna em LED, regulagem de altura dos faróis, sensor de estacionamento, freios ABS com EBD, sistema de imobilização do motor, ar-condicionado, assistente de partida em aclive, chave tipo canivete, computador de série, volante com comandos do rádio e do telefone, direção elétrica progressiva, sistema de luz “siga-me” (e leve-me”), vidros e travas elétricas, banco do motorista com regulagem de altura e entre outros.

Conclusão

Assim sendo, aqui temos dois hatches que mesmo que seja somente no visual, trazem um ar mais esportivo. Quem leva a vantagem aqui é o Chevrolet Onix RS. Graças ao seu eficiente motor 1.0, ele para bem pouco no posto de combustível. Além de atingir números melhores de desempenho.

O post Chevrolet Onix RS ou Fiat Argo HGT: qual hatch com visual esportivo é melhor? apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?