Não categorizado

Combustíveis em alta: vale converter o carro para GNV? E quanto custa?

veja como converter o carro para GNV

A alta dos combustíveis não é mistério para ninguém. Em todas as regiões brasileiras tanto a gasolina quanto o etanol registram alta. Dito isso, vale a pena converter o carro para o GNV? Veja os dados.

veja como converter o carro para GNV
GNV (Foto: Instacarro)

Com a gasolina e o etanol em alta, vale migrar para o GNV?

No mês de setembro, a gasolina teve alta de 2,31% no comparativo com agosto, onde registrou preço médio de R$ 6,260. Para método de comparação, em janeiro desse ano, o valor era de R$ 4,816, ou seja, 30% a menos. Em setembro de 2020, o preço médio da gasolina era de R$ 4,528.

Já o etanol teve alta de 4,11% quando comparado com o mês anterior, onde o combustível era comercializado em uma média nacional de R$ 3,085.

Diante desse cenário, muitos brasileiros pensam em converter o carro para o uso do GNV. Segundo dados da Secretaria Nacional de Trânsito, a Senatran, 163.168 carros são movidos a Gás Natural Veicular. O valor representa um aumento de 88,5% no comparativo com o ano de 2020, quando o número de veículos movidos a GNV era de 86.518 carros.

veja como converter o carro para GNV
Autonomia é de 13 km/m3 (Foto: GNV Anchieta)

Veja como acontece o processo para adaptar um carro para usar GNV

O Gás Natural Veicular costuma ser mais barato, menos poluente e ainda por cima, consegue entregar uma autonomia maior no comparativo com os demais combustíveis líquidos.

Para adaptar um carro para o GNV é necessário comprar o chamado KIT GNV. Ele é o responsável por fazer a transformação do motor que foi preparado para o uso de combustível liquido, ser apto ao uso de um combustível a gás.

Entre os itens que integram o Kit GNV estão o redutor de pressão, filtro, sensor de pressão, fluxo e temperatura do combustível, mangueiras de gás e água, bicos injetores, além do cilindro de armazenamento do gás.

Leia também: Tudo sobre o Fiat Mobi, Ficha Técnica, Preços e Mais!

Os custos de um carro movido a Gás Natural Veicular

Sobre os custos, o condutor terá que desembolsar em média, de R$ 4 a R$ 7 mil no Kit GNV. Além dele, outros gastos devem ser levados em consideração, como a mudança no documento do carro. Sobre esse último, o valor varia entre R$ 220 e R$ 330, no estado de São Paulo.

Por fim, o motorista deve considerar o valor do m3 do GNV. Assim como os demais combustíveis, o GNV também registrou alta. Somente esse ano, o Gás Natural Veicular teve um aumento de 48% segundo a Agência Nacional do Petróleo. Segundo os dados do IPTL, o combustível registrou uma média de R$ 4,207 o m3. Para método de comparação, em setembro de 2020, o valor médio era de R$ 3,001.

Mesmo com o aumento elevado, o combustível ainda é muito procurado devido a maior autonomia se comparado com a gasolina e o etanol, por exemplo. A média de km/m3 do GNV é de 13,2. Já o etanol e a gasolina, possuem uma média de 7,5 km/l e 10,7 km/l, respectivamente.

Além do valor em média mais baixo, em algumas regiões brasileiras, o uso do GNV garante desconto em tributos. Em locais como o Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e Mato Grosso, por exemplo, é possível tem desconto no IPVA.

veja como converter o carro para GNV
O combustível ainda gera desconto em tributos (Foto: Minuto Seguros)

 

Nicole Santana

Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo, e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe.

O post Combustíveis em alta: vale converter o carro para GNV? E quanto custa? apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?