Não categorizado

Designer da Mercedes diz que ‘sedã elétrico’ tem visual de m****

Quem observou os recente lançamentos da Mercedes-Benz no Salão de Munique notou em todos os recentes carros elétricos da marca, nenhum ostenta a forma clássica de um sedã, com três volumes bem definidos. Todos apelam para o que se convencionou chamar de “sedã de quatro portas” ou são SUV.

Em entrevista ao Top Gear, o chefe de design da da Daimler – grupo que controlar a marca -, Gorden Wagener, a eletrificação matará os sedãs tradicionais por diversos motivos.

VEJA TAMBÉM?

“Aerodinâmica é um. Em segundo lugar, com uma bateria de 15 centímetros, um sedã de três caixas simplesmente não parece bom, parece uma merda. Você tem que fazer algo que digere visualmente a altura ”, disse Wagener ao canal. “É por isso que criamos esse design arrojado com os modelos EQ, porque parece alongado, parece elegante. Para que [a eletrificação] mude as proporções dos carros ”.

mercedes benz 200

Wagener foi além: “É por isso que criamos esse design arrojado com os modelos EQ, porque parece alongado, parece elegante. Para que a eletrificação mude as proporções dos carros. Precisamos ter certeza de que não são todos iguais, mas esse medo existe há cerca de 30 anos. Conseguimos fazer com que parecessem diferentes e estou confiante de que podemos fazer isso no futuro.”

O executivo não lamenta o fim do sedã clássico – apesar de essa carroceria ter ajudado a Mercedes-Benz a construir a sua fama.

“O sedã com três volumes é, na verdade, o carro mais difícil de projetar. Fazer um realmente bonito é bastante difícil. Um bom carro esportivo é tão fácil! Eu sempre gosto quando há algo mais futurístico chegando. É por isso que a eletrificação é uma grande chance de mudar as coisas, e mudar é sempre bom”, declarou.

O post Designer da Mercedes diz que ‘sedã elétrico’ tem visual de m**** apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?