Não categorizado

Especialista explica real impacto do ICMS nos preços do combustíveis

Especialista explica real impacto do ICMS nos preços do combustíveis no Brasil

Os impactos causados pela crise financeira devido à paralisação das atividades com a pandemia agravaram a inflação no território nacional. Assim, os preços dos combustíveis no Brasil sofreram elevação há décadas não registrada, trazendo, novamente à tona a necessidade de aplicações de uma reforma tributária na sua incidência.

Thiago Santana Lira, advogado especialista em Direito Tributário, fala sobre o real impacto do ICMS sobre o preço do combustível no Brasil. Confira a seguir!

Especialista explica real impacto do ICMS nos preços do combustíveis no Brasil

De acordo com o especialista, não apenas a necessidade de aplicação de medidas de restruturação, o alto preço dos combustíveis trouxeram, de novo, a guerra entre os poderes estatais – onde, segundo Lira, o Governo Federal impõe a elevação dos preços pelas altas alíquotas do ICMS aplicadas pelos Estados.

Os Estados, por sua vez, indicam como fator determinante o aumento causado pela Petrobrás – bem como, a gestão de políticas econômicas equivocada na esfera Federal.

Sem adentrar no mérito qual ente estatal tem razão em seus argumentos, segundo dados da Petrobrás, de 2019 a 2021 o preço médio do combustível sem incidência dos impostos teve um reajuste de 59%, valor este justificado pelo aumento do custo da operação em todos os fatores de produção”, fala o advogado, que também é associado da Barroso Advogados e membro da Comissão de Direito Tributário da OAB/SP (Subseção de São Bernardo do Campo-SP).
Dessa forma, Lira explica que ao avaliarmos o preço médio praticado, 25% deste valor representa os tributos da esfera federal: PIS/COFINS e CIDE-Combustível. Além disso,  a média nacional do ICMS sobre o combustível é de 27%. E quando considerado que o tributo é não cumulativo este porcentual, pode chegar até 45% do efetivamente pago pelo consumidor final.
Gasolina ou etanol
Foto: Pinterest

Brasil tributa o consumo (15%) da produção do PIB e outros países, apenas 11%

O advogado ainda explica que o Brasil tributa, essencialmente, o consumo a qual representa 15% da produção do PIB. Enquanto a média da OCDE, de acordo com Lira, é 11% em outros países.

No mais, o ICMS cobrado pelos Estados representam 2/3 da sua arrecadação em relação aos demais tributos de sua competência e os repasses da União, e o incidente sobre o combustível representa a fatia de 20% do arrecadado. Ademais, deste montante há repasse aos municípios que representa quase 30% da sua arrecadação se considerar os demais tributos de sua competência e os repasses da União, ressalta Lira.

Para o advogado, não há como diminuir as alíquotas do ICMS, já que ele é a principal fonte de arrecadação dos Estados e dos Municípios na aplicação de recursos. Por exemplo, da saúde, segurança, educação e demais necessidades para gestão do Executivo. Isso porque o cerne do problema, conforme Lira, não está na sua incidência sobre o combustível, mas sim nas políticas orçamentárias e estrutural de arrecadação.

gasolina e etanol
Bomba de combustível (Foto: Pixabay)
Isto reforça ainda mais o fato de que uma reforma tributária nos patamares apresentados não resolverá o problema do preço do combustível e da justiça fiscal no âmbito nacional, sem antes realizar uma reorganização administrativa, com a unificação dos entes federativos que não são autossuficientes e dependem necessariamente de repasses de outros entes para se manterem”, conclui o especialista.
Thiago Santana Lira é advogado e associado em Barroso Advogados Associados especialista em Direito Tributário – IBET-SP e membro da Comissão de Direito Tributário da OAB/SP (Subseção de São Bernardo do Campo-SP)
Erica Franco

Erica FrancoJornalista por formação, com mais de 15 anos de experiência em redação em geral. Passagens pelo caderno Máquina e Moto Máquina do jornal Agora São Paulo, Folha online, Jovem Pan, Uol, Mil Milhas, Revista e site Consumidor Moderno, Portal No Varejo, entre outros. Agora editora do site Garagem360!

O post Especialista explica real impacto do ICMS nos preços do combustíveis apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?