Não categorizado

Netflix tá mais cara! Confira os conteúdos automotivos dos concorrentes

Na última semana a Netflix aumentou o preço de seus planos de assinatura. O plano básico passou de R$ 21,90 para R$ 25,90 por mês, o padrão foi de R$ 32,90 para R$ 39,90 e o Premium subiu de R$ 45,90 para R$ 55,90. Esses valores estão entre os mais caros para serviços de streaming no Brasil.

Os concorrentes não perderam tempo e alfinetaram a Netlix: a Globo Play fez uma propaganda dizendo que apesar do gás de cozinha, alimentos e combustíveis estarem encarecendo, seus planos não mudarão de preço até 2023.

VEJA TAMBÉM:

Já a HBO exaltou que seus planos multitelas podem ser compartilhados, hábito que a Netflix não recomenda e tenta evitar. Já a Amazon apenas agradeceu pelos novos clientes. Com esse aumento da Netflix, é possível assinar até três concorrentes que totalizam uma mensalidade com valor próximo do plano premium reajustado.

E por que você está vendo essa conversa de streaming no AutoPapo? Porque estamos sempre querendo ajudar com o bolso do leitor. A Netflix conta com alguns filmes e séries do interesse de entusiastas, como Dirigir Para Sobreviver, Hyperdrive, Em Ritmo de Fuga e Velozes e Furiosos – Espiões do Asfalto.

Selecionamos alguns conteúdos relacionados com automóveis dos concorrentes da Netflix para facilitar a vida do leitor que pretende economizar nas contas cortando esse serviço.

Amazon Prime Video

Quando se fala em entretenimento com automóveis a primeira coisa que vem a mente é o trio britânico Jeremy Clarkson, James May e Richard Hammond. Esses três jornalistas estiveram no comando do Top Gear, da BBC, por anos e após a demissão de Clarkson foram para o Prime Video da Amazon. Você pode conferir as aventuras do trio pelo mundo em The Grand Tour. Eles também contam com programas solo, mas sem o foco em carros.

Para quem curte ver pilotagem mais profissional a Amazon tem em seu catálogo a série Arquivos Gymkhana, com os bastidores dos famosos vídeos de manobras de Ken Block. E para os fãs de Fórmula 1 tem GRAND PRIX Driver, uma série sobre a pré-temporada de 2017 da McLaren.

Ainda na Fórmula 1 tem o filme Rush – No Limite da Emoção, que conta sobre a rivalidade nas pistas entre Niki Lauda e James Hunt.

Existem uma variedade de documentários escondidos pelo Prime Video, um que chamou nossa atenção foi O Fantástico Patinho Feio. Esse documentário nacional conta a história de quatro jovens de Brasília que construíram um carro para competir em uma prova de longa duração.

Disney+

O serviço de streaming desse gigante do entretenimento é mais focado em conteúdo para a família e conta com todo o catálogo da Disney. Para a alegria de muitos, isso significa que todos os filmes da série Se Meu Fusca Falasse estão incluídos, do original de 1968 ao Herbie – Meu Fusca Turbinado de 2005.

John Lasseter, diretor da Pixar, é um grande entusiasta de carros antigos. A trilogia Carros é um projeto pessoal de Lasseter e pode ser encontrada no Disney+. Nos filmes da Pixar é possível encontrar muitas referências automotivas, mas no recente filme Luca existe uma verdadeira ode a scooter italiana Vespa.

Nesse serviço os assinantes também tem acesso ao conteúdo da NatGeo, que oferece alguns programas automotivos. O destaque fica para S.O.S Carros, um programa britânico onde dois mecânicos restauram carros sem que seus donos saibam.

HBO Max

Esse serviço é o mais recente no país e chegou com um catálogo bem completo, trazendo filmes e séries premiados. Porém o conteúdo focado em carros não faz parte dessa variedade. Mas ainda assim existem alguns filmes (e séries?) bons que agradam aos entusiastas.

Começando por Mad Max, a HBO Max conta com todos os filmes dessa série. Para quem gosta de drama tem Gran Torino, um filme de Clint Eastwood sobre um velho veterano dono de um belo Ford Gran Torino 1972 aprendendo a conviver com seu vizinho imigrante.

O clássico Bullitt, estrelado por Steve McQueen, faz parte do catálogo. O filme policial em si está na média de outros da época, mas se destaca pela perseguição de 10 minutos entre um Ford Mustang e um Dodge Charger.

GloboPlay

O serviço nacional foi o que mais provocou a Netflix, mas no nosso tema automotivo traz poucos atrativos. Caso assine o plano com canais ao vivo, você poderá assistir às corridas da Fórmula E e Extreme E. O programa AutoEsporte está disponível desde o plano básico para quem perdeu nas manhãs de domingo.

No catálogo de filmes a situação melhora, começando pelo premiado documentário Senna de 2010. Outro filme premiado é Drive, de 2011 e estrelado por Ryan Gosling. Quem gostava de assistir Em Ritmo de Fuga na Netflix pode encontrar esse filme na GloboPlay também.

O post Netflix tá mais cara! Confira os conteúdos automotivos dos concorrentes apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?