Não categorizado

Peugeot 308 perde velocímetro digital devido a racionamento de chips

A crise na produção de semicondutures, espécies de chips presentes em diversos eletrônicos, inclusive em autopeças, tem afetado a produção de veículos no mundo inteiro. A escassez desse componente fez a Stellantis tomar uma medida de racionamento: vai deixar de oferecer tela digital no quadro de instrumentos do Peugeot 308 para direcionar os semicondutores a produtos que vendem mais.

VEJA TAMBÉM:

A antiga geração do Peugeot 308 chegou a ser vendida no Brasil, mas está fora do mercado local desde 2019. Na Europa, porém, ele não só continuou em produção, como ganhou uma segunda geração. De acordo com a emissora francesa LCI, a expectativa é que, ao ser equipado com os tradicionais mostradores analógicos em vez do digital, o modelo terá um desconto de aproximadamente € 400 (cerca de R$ 2.650).

peugeot 308s azul de frente em movimento
Peugeot 308 europeu está na segunda geração, que será substituída em breve

A crise no fornecimento de semicondutores é mais uma consequência da pandemia causada pelo Coronavírus: a queda nas vendas de veículos e o aumento da procura por eletrônicos, principalmente computadores, ambas em nível global, fez os fornecedores de chips redirecionarem a produção. Agora, o setor automobilístico tenta retomar o ritmo industrial, mas enfrenta a escassez desses componentes.

Os semicondutores estão presentes em diversas peças para automóveis, inclusive em periféricos do motor. Várias multinacionais, como Volkswagen, Ford e a própria Stellantis, já interromperam a produção de veículos em diferentes fábricas ao redor do planeta devido à falta desses chips.

Crise hídrica pode reduzir a oferta de chips

Como nada é tão ruim que não possa piorar, as perspectivas para o fornecimento de semicondutores não são favoráveis. É que cerca de 90% da produção mundial desses chips concentra-se em Taiwan, que, por sua vez, está à beira de uma crise hídrica: no primeiro trimestre de 2021, as chuvas na ilha asiática só atingiram 40% do volume esperado.

Antevendo a crise hídrica, o governo local já decretou restrições. E a indústria de eletrônicos, incluindo os semicondutores, é justamente uma das maiores consumidoras de água de Taiwan. Caso seja necessário impor um racionamento mais severo, a falta de chips poderá causar um efeito dominó: fábricas de diferentes setores, desde eletrodomésticos até automóveis, podem simplesmente parar devido à falta desses insumos.

O post Peugeot 308 perde velocímetro digital devido a racionamento de chips apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?