Não categorizado

Peugeot e-208 GT x Nissan Leaf: qual hatch elétrico vale mais a pena?

Nos últimos anos, o mercado de carros elétricos cresceu bastante. Veículos das mais diversas categorias e montadoras pousaram em terras brasileiras. Os hatches, por exemplo, estão representados por no mínimo cinco opções. E duas delas se enfrentam aqui. De um lado, uma dos lançamentos mais recentes. Do outro, um dos mais veteranos. Peugeot e-208 GT e Nissan Leaf possuem bons atributos e estão custando quase que o mesmo.

Os dois estão custando na média da categoria. Oficialmente lançado nesta semana, o modelo francês está custando R$ 244.990 (preço de lançamento). Já seu concorrente japonês está em sua segunda geração. Ele tem preços a partir de R$ 277.990 (versão única).

Peugeot e-208 GT
Peugeot e-208 GT (Foto: Divulgação/Peugeot)

Peugeot e-208 GT x Nissan Leaf: qual hatch elétrico vale mais a pena?

Os dois carros possuem histórias distintas. Porém, o objetivo é o mesmo. Este é um setor que teve um bom crescimento durante o primeiro semestre deste ano. De acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), 13.899 carros elétricos (e híbridos) foram comercializados. E a expectativa este número esteja maior ao fim do ano. Sem falar no número de opções no mercado.

O Peugeot e-208 GT foi quem acabou de chegar. Cerca de um ano depois da apresentação do modelo a combustão, a versão elétrica do carro francês pousa no Brasil. Aliás, este automóvel é feito na Eslováquia. Concebido sobre a plataforma CMP, ele mede:

  • Comprimento: 4.055 mm
  • Altura: 1.430 mm
  • Largura: 1.745 mm (1.960 mm com espelhos)
Peugeot e-208 GT (Foto: Divulgação/Peugeot)
Peugeot e-208 GT (Foto: Divulgação/Peugeot)

O novo modelo eletrificado está posicionado na ponta mais alta da linha 208. E, como esperado, este e-208 possui alguns diferenciais no visual. Você pode ver nas fotos que sua grade frontal traz detalhes pintados na cor da carroceria. Sem falar das novas rodas esportivas e detalhes em pretos nas molduras e para-choque (traseiro).

Peugeot e-208 GT
Nissan Leaf (Foto: Divulgação/Nissan)

Já o Nissan Leaf é um velho conhecido de todos nós. O carro está na sua segunda geração. Lançada em 2019, o carro ganhou uma boa reforma e ficou com um visual mais esportivo. Ele é produzido sobre uma plataforma de carros elétricos da marca. Suas dimensões são:

  • Comprimento: 4.480 mm
  • Largura: 1.790 mm
  • Altura: 1.565 mm
Nissan Leaf (Foto: Divulgação/Nissan)
Nissan Leaf (Foto: Divulgação/Nissan)

E ele tem detalhes bastante interessantes e que se assemelham a outros modelos da marca. Dentre eles, destaca-se a grade frontal V-motion. O carro conta ainda com faróis traseiro em formato bumerangue. Sem falar que ele traz detalhes em azul na grade e na moldura do para-choque traseiro.

Conjunto mecânico

Ambos os carros possuem motores elétricos bastante fortes. O Peugeot e-208 GT está equipado com um motor elétrico capaz de gerar 136 cv e torque de 25,6 kgfm. De acordo com a montadora francesa, o pequeno pode acelerar de 0 a 100 km/h em 8,3 segundos e atinge a velocidade máxima de 150 km/h.

Já o propulsor do Nissan Leaf é um pouco mais potente. Sua potência máxima é de 149 cv e torque de 32,6 kgfm. O carro pode atingir os 100 km/h em 7,9 segundos. Além de atingir a velocidade máxima de 144 km/h. Como podemos ver, o único critério que o francês leva vantagem é este último.

Bateria e autonomia

Peugeot e-208 GT (Foto: Divulgação/Peugeot)

Aqui um tópico que interessa a muita gente. Ambos os carros estão equipados com baterias capazes de percorrer longas distâncias. Apesar de possuir uma bateria com capacidade maior (50 kWh), o e-208 GT “só” pode rodar por 340 km com uma carga.

Por outro lado, o Nissan Leaf tem uma autonomia maior. Sua bateria de 40 kWh pode fazer com que o carro tenha uma autonomia de 389 km (ciclo WLTP).

Nissan Leaf (Foto: Divulgação/Nissan)

No caso do carro da Peugeot, você poderá atingir 80% de carga na bateria em menos de 30 minutos. Isso usando uma estação de recarga de 100 kW. Já a Nissan informa que você pode fazer uma carga completa em 8 horas. Para isso, você precisa usar um Wallbox.

Outros atributos

Os dois podem agradar seus respectivos públicos. O pequeno carro da Peugeot surpreende pelo design jovial, traços esportivos e painel que tem bastante estilo. Já os pontos fortes do Leaf é o espaço interno (entre-eixos de 2.700 mm contra 2.540 mm do 208 elétrico) e o espaço no porta-malas (435 litros contra 311 litros do e-208).

Peugeot e-208 GT (Foto: Divulgação/Peugeot)

Seus pacotes de equipamentos também se destacam. O Peugeot e-208 GT vem de fábrica com faróis dianteiros Full LED, Luzes de condução diurna, Rodas de liga-leve de 17 polegadas, Peugeot i-Cockpit 3D, cluster digital 3D, volante Sport Drive com badge GT, luz ambiente, Seis airbags, freios ABS, retrovisor interno eletrocrômico, freio de mão com acionamento elétrico, alerta de colisão, assistência de farol alto, detector de fadiga, alerta de permanência de faixa, piloto automático inteligente, monitoramento de ponto cego, sensor crepuscular, câmera de ré, sensor de estacionamento, ar-condicionado digital, teto solar panorâmico, central multimídia de 10 poelgadas (Peugeot Connect Radio) e entre outros.

Nissan Leaf (Foto: Divulgação/Nissan)

Do mesmo modo, o Nissan Leaf também traz um conteúdo completo. Ele vem de série com bancos de couro nos bancos, apoio de braço dianteiro, banco de motorista com ajuste manual, volante com comandos de áudio/telefone, painel de instrumentos multifuncional (tela de oito polegadas), vidros e travas elétricas, volante com revestimento em couro, luzes diurnas em DRL, retrovisores externos com indicador de direção em LED, ar-condicionado automático, bancos dianteiros com aquecimento, chave inteligente presencial (i-key), piloto automático inteligente, visão 360º inteligente, alerta inteligente de mudança de faixa, alerta inteligente de tráfego cruzado e entre outros.

Peugeot e-208 GT x Nissan Leaf: Fique com o Nissan Leaf!

Nissan Leaf (Foto: Divulgação/Nissan)

Assim sendo, temos aqui dois representantes da atual safra de carros elétricos. O Peugeot e-208 GT pode surpreender, visto que traz um desenho jovial e está equipado com diversos equipamentos tecnológicos. No entanto, o Nissan Leaf leva a vantagem neste embate. Ele oferece um motor mais potente, pode rodar mais com uma carga e é maior. Vale a pena pagar a diferença de preço.

Pedro Giordan

Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde abril de 2021. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.

O post Peugeot e-208 GT x Nissan Leaf: qual hatch elétrico vale mais a pena? apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?