Não categorizado

Renault Duster é rebaixado em teste do Latin NCAP; marca contesta

O Latin NCAP submeteu o Renault Duster ao teste de colisão. De acordo com a entidade com sede no Uruguai, o resultado foi de zero estrela no novo protocolo.

Segundo o Latin NCAP, o SUV apresenta três problemas:

  1. Não oferece airbags laterais de corpo nem de proteção lateral de cabeça padrão como o modelo vendido na Europa sob a marca Dacia;
  2. No impacto frontal, o modelo apresentou estrutura instável e perda de combustível; e
  3. No cenário potencial de um teste regulatório sob a norma UN95, o modelo falharia devido à abertura da porta.

VEJA TAMBÉM:

A entidade ainda recomendou recall. Isso em razão da abertura da porta no teste de impacto lateral.

Questionada sobre o teste, a Renault se manifestou por meio de nota:

Em relação ao teste do modelo Renault Duster divulgado pelo Latin NCAP em 27 de agosto de 2021, a Renault do Brasil informa:

O veículo Duster, que teve o seu teste divulgado em agosto de 2021, é exatamente o mesmo em termos de conteúdos de segurança ativa e passiva em relação ao veículo que obteve quatro estrelas na proteção para adultos e três estrelas na proteção para crianças, em teste realizado pela mesma instituição em 2019.

Em 2020 o Latin NCAP mudou os protocolos de testes e, por conta disso, os resultados são diferentes.

É importante reforçar que o Renault Duster cumpre rigorosamente as regulamentações nos países em que é comercializado, superando-as em alguns quesitos. O modelo traz diversos equipamentos de segurança como ESP, alerta de ponto cego, câmera Multiview, assistente de partida em rampa, entre outros, que não são obrigatórios por lei.

A Renault considera que, assim como houve uma grande evolução na segurança veicular nos últimos anos, o tema seguirá evoluindo e a Renault continuará a oferecer produtos com alto nível de segurança.

Fotos: Latin NCAP | Divulgação

O post Renault Duster é rebaixado em teste do Latin NCAP; marca contesta apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?