Não categorizado

Rolls Royce de papelão: Youtuber faz cópia do carro mais caro do mundo

Entre os carros zero-quilômetro da atualidade, o mais caro do mundo é o Rolls Royce Boat Tail: cada exemplar custa nada menos que US$ 28 milhões, valor equivalente a cerca de R$ 146,7 milhões. Na falta dessa grana toda, um Youtuber decidiu, literalmente, fazer uma cópia do luxuoso conversível. O autor dessa estranha e criativa façanha é o canal King of Crafts.

Para recriar o Rolls Royce Boat Tail, foi utilizado, principalmente, papelão, que dá forma a toda a carroceria. As folhas desse material foram unidas com cola quente; já uma fita adesiva reflexiva, que imita detalhes cromados, dá acabamento à “carroceria”.  A construção do veículo durou apenas 15 dias e, claro, foi filmada e disponibilizada no YouTube! Assista ao vídeo:

VEJA TAMBÉM:

Esses materiais, porém, não foram os únicos utilizados para recriar o carro mais caro do mundo. Por baixo de todo o papelão, há uma espécie de chassi tubular de aço. E o mais impressionante é que o veículo é completamente funcional: tem direção e até faróis. Para movimentá-lo, bastou um motor de scooter, instalado em posição central.

Por dentro, em vez do luxo do Rolls Royce Boat Tail, a réplica exibe… Mais papelão, é claro! De qualquer modo, o veículo parece muito bem-feito, em especial diante da precariedade da maioria dos materiais utilizados e do prazo de construção.

Carro mais caro do mundo x réplica

Além do design, é possível destacar outro ponto em comum entre o Rolls Royce Boat Tail e sua réplica: ambos têm construção artesanal. É claro que, no modelo original, artesãos trabalham à mão com materiais como chapas de alumínio e couro animal. O carro do Youtuber pode até não ter essa finesse toda, tampouco ser o mais caro do mundo, mas também impressiona pelo padrão de construção.

O post Rolls Royce de papelão: Youtuber faz cópia do carro mais caro do mundo apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?