Não categorizado

Saiba tudo sobre carros clonados: como consultar, evitar o golpe e mais

carros clonados, o que fazer?

O golpe da placa clonada pode ser mais comum do que você imagina, e a clonagem pode ir além do número da placa. Entenda mais e veja como evitar ser mais uma vítima!

carros clonados, o que fazer?
Carros clonados, o que fazer? Descubra! (Foto: Pixabay)

O que é o golpe dos carros clonados

Muito comum em território nacional, um carro clonado é um veículo que teve seus dados roubados, e essas informações passam a integrar um outro carro. Geralmente o golpe é utilizado em compra e venda de veículos. O golpista, até então um vendedor, utiliza em um carro a informações de outro veículo. Dessa forma, tanto o proprietário real do veículo como o novo comprador saem lesados.

O problema se agrava quando as duas partes não percebem de imediato o que está acontecendo. Geralmente, a situação só é esclarecida quando um dos condutores começam a receber multas indevidas ou quando são parados por agentes de trânsito.

VEJA TAMBÉM

Para agravar a situação, além do número da placa, informações como o CRLV e o CRV também podem sem falsificados.

Os carros clonados podem ter diversas origens, como passagens por leilão, ou ser produto de um roubo por exemplo.

Placas clonadas. Foto: Entrevias

Fique atento aos sinais de carros clonados

Em casos de clonagem, é muito comum que o verdadeiro proprietário do veículo comece a receber multas indevidas. Caso isso aconteça, o aconselhável é registrar um boletim de ocorrência alegando que aquele veículo não é o seu e que você pode estar sendo vítima de clonagem.

No entanto, isso não é o suficiente. Também será necessário solicitar junto ao Departamento de Trânsito do seu estado, o Detran, uma investigação sobre o caso. A partir disso, o órgão será o responsável por analisar as informações e constatar se realmente há uma clonagem do veículo.

carros clonados, o que fazer?
Muitos só percebem o golpe quando recebem multas ou são parados por agentes de trânsito (Foto: Pixabay)

Cuidado ao comprar seminovos e usados

O mercado de seminovos está bem aquecido devido aos problemas que o segmento de zero quilômetros está enfrentando. E por isso mesmo, os golpes podem acontecer com mais frequência.

Dito isso, é muito importante tomar alguns cuidados na hora de comprar um seminovo ou usado. Até porque além de sair no prejuízo, comprar um carro clonado pode lhe trazer problemas com a lei. A punição pode ser de multa e até prisão.

Por isso é de extrema importância verificar os dados do veículo em um banco de dados confiável, bem como conferir a procedência da loja, ou pessoa física que está vendendo o carro.

Atualmente, diversos sites e aplicativos oferecem o serviço de consulta de placa, passagens por leilão ou sinistros que possam envolver o veículo.

Além disso, desconfie se o carro que você está interessado em comprar está com o preço muito abaixo do mercado. Com o mercado atual aquecido, dificilmente um vendedor irá trabalhar com preços abaixo da tabela Fipe.

carros clonados, o que fazer?
Sempre verifique as informações da loja ou vendedor (Foto: Pixabay)

Como agem as quadrilhas especializadas em clonagem e roubo de carros?

Muitas quadrilhas especializadas em roubos e clonagem de veículos agem da seguinte forma: roubam o carro, clonam os dados e anunciam o veículo com preço abaixo do mercado para que possam atrair muitos compradores e vender o veículo de forma mais rápida.

Por fim, também é aconselhável fazer com que o veículo que será comprado passe por uma inspeção completa, onde haverá a checagem do chassi, dos dados e documentos do veículo, duplicidade de motor, e todo o histórico do carro.

 

Nicole Santana

Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo, e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe.

O post Saiba tudo sobre carros clonados: como consultar, evitar o golpe e mais apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?