Não categorizado

Situação das fábricas de automóveis: demissões em SP; veja

fábricas de automóveis e demissões no Brasil, crise continua

O cenário de paralisações e demissões nas  fábricas de automóveis no Brasil continua . Por exemplo, na última quarta-feira (04/11), a espanhola Gestamp – uma das maiores multinacionais de engenharia automotiva e autopeças, anunciou que dará início a demissões em sua fábrica de Taubaté (SP). A empresa fornece soluções para diversas montadora de veículo e alega falta de pedidos por parte das marcas. Saiba mais a seguir!

fábricas de automóveis demissões
Foto: reprodução / Automotive Business

Fábrica Gestamp em Taubaté já demitiu 60, diz sindicato

Conforme informações do Sindicato dos Metalúrgicos da região, a Gestamp já demitiu 60 funcionários. No caso, mais de um de 1/4 do quadro funcional que a multinacional considera excedente, que é de 200 trabalhadores.

Falta de pedidos da GM e Volkswagen

De acordo com o site Automotive Business, a Gestamp revelou que, nos últimos meses, seu quadro de funcionários era maior do que a demanda. Por exemplo, a empresa alegou que os pedidos caíram, em especial, de clientes significativos para a multinacional, como a GM e a Volkswagen.

Dessa forma, a empresa de origem espanhola teve de fazer ajustes em sua produção, como é o caso do anúncio das demissões na fábrica de Taubaté.

Mas, ao que tudo indica, a medida da Gestamp não agradou às entidades representativas dos trabalhadores do setor. Por meio de nota oficial, o Sindicato dos Metalúrgicos da região de Taubaté, existiram tentativas de negociações com a empresa, a fim de atenuar o cenário de demissões. O Sindicato, então, se posicionou:

“Houve desrespeito às conversas que estão em andamento”, diz a nota. “O objetivo era preservar ao máximo os postos de trabalho durante esse período de queda na produção da indústria automotiva”, continua a entidade por meio do comunicado.

Chips automotivos. Imagem ilustrativa

Fábricas de automóveis, demissões e paralisações

Vale ressaltar que tanto a GM como a Volkswagen mantém fábricas na região onde a Gestamp se encontra. Inclusive, a fábrica da Volkswagen de Taubaté, ao longo de 2021, já promoveu diversas paralisações e ajustes na produção, devido a falta de chips.

Enquanto isso, a GM de São José dos Campos (SP), conforme o Garagem360 noticiou, anunciou, na última semana de outubro, o lay-off de mais de 1 mil trabalhadores da fábrica responsável pela produção dos modelos Chevrolet S10 e Trailblazer. A suspensão de um dos turnos na GM já começa agora em novembro.

tudo sobre Chevrolet S10 Z71 2022
Nova Chevrolet S10 Z71. (Foto: Chevrolet)

Aproveite e veja também: Nova S10 Z71 2022 Ficha Técnica, Vídeo, Avaliação, Fotos

Por fim, a fábrica da Gestamp em Taubaté conta com três turnos. No entanto, a produção deverá ser reduzida já nos próximos dias, conforme informações do Sindicato.

Erica Franco

Erica FrancoJornalista por formação, com mais de 15 anos de experiência em redação em geral. Passagens pelo caderno Máquina e Moto Máquina do jornal Agora São Paulo, Folha online, Jovem Pan, Uol, Mil Milhas, Revista e site Consumidor Moderno, Portal No Varejo, entre outros. Agora editora do site Garagem360!

O post Situação das fábricas de automóveis: demissões em SP; veja apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?