Não categorizado

SUVs compactos ficam até 45% mais caros em um ano

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), os SUVs correspondem a quase 40% do mercado de carros novos comercializados em 2021, sendo a maior parte do total da categoria composta por modelos compactos. Dada a relevância dos SUVs compactos, a Kelley Blue Book Brasil, empresa especializada em pesquisa de preços de veículos, fez um levantamento para apurar a diferença de preço das versões de entrada de cada SUV compacto entre abril de 2020 e o mesmo mês deste ano.

LEIA MAIS

Após a exclusão das versões destinadas exclusivamente às pessoas com deficiência (PcD) e considerando sempre o ano modelo mais recente disponível à época como parâmetro, a pesquisa revelou que alguns SUVs compactos chegaram a experimentar uma variação de até 45% entre o preço 0 km praticado nas lojas neste período de 12 meses, como foi o caso do Suzuki Jimny. Na outra ponta, alguns modelos tiveram pouca variação, abaixo de 2%, a exemplo do Hyundai Creta.

É importante ressaltar que esta comparação se refere a uma fotografia de quais eram as versões de entrada disponíveis de cada SUV em abril do ano passado e quais são estas versões atualmente. Portanto, fatores como atualização de ano modelo ou reestilizações não foram ponderados para fazer a análise de variação.

Logo, casos como o do próprio Suzuki Jimny podem ser influenciados pela troca de ano modelo (já que em abril de 2020 ele era vendido como ano modelo 2020 e hoje ele é oferecido já em versões 2022). O mesmo pode se aplicar a outros SUVs, como a dupla T40 e T50 da JAC, Renault Duster, Honda WR-V e Nissan Kicks que passaram por reestilizações neste período.

Ao observar a oferta de versões de entrada de todos os SUVs compactos oferecidos em abril de 2021, notamos que a diferença entre o SUV mais barato e a versão inicial mais cara é de R$ 80.893, abrangendo de R$ 68.347 do Caoa Chery Tiggo2 EX AT 2021 até os R$ 149.240 do Suzuki S-Cross 4STYLE Allgrip CVT 2021.

Ano passado, este gap era de R$ 57.490, com os mesmos modelos de ponta a ponta (Tiggo2 Look, de R$ 60.000, até S-Cross 4STyle CVT, por R$ 117.490).

Alta dos SUVs compactos nos últimos 12 meses

Veja abaixo o comparativo dos preços das versões de entrada de cada um dos 20 SUVs compactos à venda no Brasil atualmente.

Modelo  Preço 0 km abr/2021   Preço 0 km abr/2020 Diferença %
Caoa Chery Tiggo2 R$ 68.347 R$ 60.000  13,91
Renault Duster R$ 79.134 R$ 71.800 10,21
Hyundai Creta R$ 81.182 R$ 79.900 1,60
Peugeot 2008 R$ 84.565 R$ 69.000 22,56
Jeep Renegade R$ 85.609 R$ 75.900 12,79
Honda WR-V R$ 88.157 R$ 81.990 7,52
Nissan Kicks R$ 90.131 R$ 75.510 19,36
JAC T40 Plus R$ 91.421 R$ 67.405 35,63
Volkswagen Nivus R$ 93.819
Chevrolet Tracker R$ 94.326 R$ 82.000 15,03
Renault Captur R$ 95.535 R$ 79.190 20,64
Citroën C4 Cactus R$ 96.008 R$ 70.500 36,18
Volkswagen T-Cross R$ 100.137 R$ 83.000 20,65
Suzuki Jimny R$ 100.485 R$ 69.350 44,90
Caoa Chery Tiggo 5X R$ 101.281 R$ 88.990 13,81
Honda HR-V R$ 108.952 R$ 93.000 17,15
JAC T50 Plus R$ 115.400 R$ 83.990 37,40
Suzuki Vitara R$ 126.355  R$ 94.000 34,42
Suzuki Jimny Sierra R$ 133.320 R$ 103.990 28,20
Suzuki S-Cross R$ 149.240 R$ 117.490 27,02

O post SUVs compactos ficam até 45% mais caros em um ano apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?