Não categorizado

Valor do seguro de carros cai 12,5% no 1º semestre de 2021, aponta IPSA

seguro

Ter um seguro é bastante importante. Em caso de acidentes ou furtos, ele pode ser útil para que você não tenha tanto prejuízos. E o valor do seguro de carros teve uma queda de 12,5% durante os primeiros meses do ano. Quem diz isso é o Índice de Preços do Seguro Automóvel (IPSA).

seguro
Foto: Pixabay.com

Valor do seguro de carros cai 12,5% no 1º semestre de 2021

Este estudo foi divulgado pela TEx nesta quinta-feira (26/08). Uma ferramenta de inteligência de mercado criada pela própria empresa é usada para a produção do o IPSA, que é o indicador que mede a inflação geral (levando em consideração pessoas seguradas de ambos os sexos). Estamos falando dos dados TEx Analytics.

De acordo com ele, está fixado em 4,9%. Isso significa que ao contratar um serviço de um carro de R$ 50 mil, o cliente pagará o seguro de R$ 2.450.

seguro
Foto: pixabay.com

Este número era menor no começo de 2021. A porcentagem do IPSA era de 5,6%. Já o valor do seguro nas mesmas condições acima era de R$ 2.800.  Em comunicado a imprensa, Genildo Dantas, gerente de inteligência de dados da TEx, fala um pouco sobre a queda. 

“Essa queda nem sempre pode ser percebida pelo cliente já que houve o aumento generalizado de preço dos veículos 0KM e valorização dos usados nos últimos meses”.

Leia mais: Carros usados: desvalorização e manutenção preocupam os proprietários

seguro
Foto: Divulgação/Volkswagen

E realmente os preços dos carros não param de crescer. Ainda mais nos últimos meses. Segundo dados da KBB Brasil, os preços cobrados por carro novos tiveram um crescimento médio de 4,28%. Já os usados, vistos como boas opções aos carros 0km, também tiveram passaram por reajustes para cima. Eles foram de 13,04%.

Crescimento por categoria

seguro
Foto: pixabay.com

Um ponto bastante importante na hora de fazer a cotação do seguro é o perfil. Vários fatores são levados em conta neste momento. O estudo da TEx também avaliou alguns destes cenários. Um deles é quanto o gênero da pessoa. Segundo a empresa, os homens pagam mais caro pelo seguro. Em julho, o percentual de seguro para mulher foi de 4,4%. o de homem foi de 5,2%.

Eles pagam 20% a mais no valor final do seguro que elas. Isso ocorre porque eles se envolvem mais em acidentes e em perdas totais do veículo.

Outro quesito levado em consideração na conta do seguro de carros é a idade. O estudo revelou que os mais jovens pagam mais. Veja abaixo o comparativo por geração:

  • Z (nascidos entre 1990 e 2014 = 7,4%
  • Y (nascidos entre 1977 e 1989) = 5,1%
  • X (nascidos entre 1965 e 1976) = 4,5%
  • Baby Boomer (nascidos entre 1943 e 1964) = 3,8%
Foto: Why Kei/Unsplash.com

A região onde o segurado mora também faz com que o valor mude. O mesmo acontece com a faixa de preço do veículo (De acordo com a Tabela FIPE). Aqui o IPSA encontrou uma estabilidade. A variação de um automóvel que custa R$ 10 mil e R$ 30 mil, por exemplo. caiu de 8,3% em janeiro para 7,8% em julho.

Sem falar do ano do carro. E é aqui que os carros usados voltam a aparecer. Aqueles que possuem de 6 a 10 anos de uso podem pagar mais que aqueles que são donos de veículos 0km. E isso tem explicação.  De acordo com a empresa, o uso de peças novas e originais pela seguradoras fazem com que o custo de reparo fique mais alto. Sem falar que eles sofrem mais com roubos e furtos.

Pedro Giordan

Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde abril de 2021. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.

O post Valor do seguro de carros cai 12,5% no 1º semestre de 2021, aponta IPSA apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?