Não categorizado

Venda de elétricos sobe a jato. Não no Brasil

Não tem dúvida de que a venda de carros elétricos disparou no mundo inteiro. Mas é preciso tomar cuidado com os números, pois há uma distorção nas informações: as estatísticas costumam misturar as vendas dos puramente elétricos com os híbridos do tipo plug-in. Aqueles que carregam as baterias de noite e permitem ao motorista rodar até 50 km ou 60 km, no dia seguinte.

Quando elas se esgotam, o sistema aciona o motor a combustão. Para se ter uma ideia, calcula-se que até 2026, 50% das vendas de automóveis no mundo serão de elétricos e híbridos plug-in. Estima-se também que a metade dos carros vendidos no mundo será puramente elétrica (os chamados “emissão zero”) apenas em 2035.

VEJA TAMBÉM:

O Brasil está muito longe disso. Em 2020, vendeu apenas 1% de carros elétricos. Há um crescimento, mas lento, devido à falta de infraestrutura e de incentivos governamentais

O post Venda de elétricos sobe a jato. Não no Brasil apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?