Não categorizado

Vladimir Putin ainda tem o carro que a mãe ganhou na loteria em 1972

O primeiro carro costuma ser muito marcante para qualquer motorista. E, pelo visto, Vladimir Putin não é exceção a essa regra. Afinal, ele conserva até hoje o automóvel com o qual iniciou a trajetória como condutor: um ZAZ Zaporozhets 968 1972. Quando ganhou o veículo, o líder russo tinha apenas 20 anos de idade.

VEJA TAMBÉM:

O carro chegou, literalmente, de surpresa: a mãe de Vladimir, Maria Ivanovna Putina, o ganhou zero-quilômetro na loteria. Na época, o Zaporozhets valia cerca de 3.500 rublos, mas a matriarca decidiu dá-lo ao filho. Na época, Putin era estudante de direito em São Petesburgo.

Consta que Putin permaneceu com o carro por muitos anos e o utilizou regularmente. Porém, acabou vendendo o Zaporozhets para um colega da KGB, agência de serviços secretos da ex-União Soviética. Vale lembrar que o líder russo foi oficial dessa organização.

Anos depois, Putin procurou o antigo colega e acabou recomprando o veículo. Desde então, nunca mais se separou do veículo. Atualmente, o Zaporozhets está em perfeito estado de conservação, ao lado de outros carros antigos de origem soviética pertencentes ao chefe de estado russo, entre os quais um Volga 1956.

História do Zaporozhets, xodó de Putin

A ZAZ é uma marca de origem ucraniana, fundada em 1923, durante a fase inicial da união soviética. O nome é a sigla de Fábrica de Automóveis de Zaporizhzhia Automobile, em alusão a uma cidade no noroeste do país. Em 1958, a estatal lançou a linha Zaporozhets, formada por modelos de porte compacto e motor traseiro refrigerado a ar.

Fabricado em 1972, o ZAZ Zaporozhets 968 de Vladimir Putin é da segunda geração, que estreou em 1966. Desde então, o modelo permaneceu sem grandes alterações de projeto até sair de linha, em 1994. Por sua vez, o fabricante segue em operação, mas atualmente chama-se AvtoZAZ.

O post Vladimir Putin ainda tem o carro que a mãe ganhou na loteria em 1972 apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?