Não categorizado

VW Amarok 2022 aumenta e passa dos R$ 300 mil, vale à pena?

Volkswagen Amarok V6

A picape média VW Amarok aumenta e passa dos R$ 300 mil. Por exemplo, agora, o modelo da montadora alemã parte de R$ 260.550 e pode chegar a custar até R$ 306.190 na versão topo de linha. Confira as informações e veja se ainda vale pagar pela picape!

Volkswagen Amarok V6
Volkswagen Amarok V6 está mais cara, bem como as demais versões (Foto: Divulgação) – VW Amarok aumenta:

VW Amarok aumenta em todas as versões; confira!

A picape da montadora alemã, a Amarok está mais cara. A marca aumentou todas as versões do modelo. Agora, a versão de entrada, a Comfortilne 2.0 tem preço de R$ 260.550. Anteriormente, a versão tinha valor de R$ 254.560. Ou seja, houve um aumento de R$ 6.490 para a versão.

VEJA TAMBÉM

Já na configuração intermediária, a Highline 2.0, o preço agora é de R$ 283.290. Aqui, também houve um aumento de R$ 6.490, anterior ao reajuste, a versão custava R$ 276.800.

Volkswagen Amarok V6
Volkswagen Amarok tem três versões de acabamento e duas de motorização (Foto: Divulgação)

A configuração Highline também pode ser comprada com o motor V6. Se esse for o caso, o modelo tem preço de R$ 290.490, anteriormente, o valor era de R$ 283.690. Nessa versão, o aumento foi mais salgado, no caso de R$ 6.630.

Por fim, a versão topo de linha, a Volkswagen Amarok Extreme V6 agora ultrapassa a casa dos R$ 300 mil. A mesma tinha preço de R$ 299.100  e agora pode ser adquirida por um valor de R$ 306.190, o que representa o maior aumento da categoria, de R$ 7.090.

Volkswagen Amarok 2022

Volkswagen Amarok Comfortline 2.0– R$ 260.550

Volkswagen Amarok Highline 2.0 – R$ 283.290

Volkswagen Amarok Highline V6 – R$ 290.490

Volkswagen Amarok Extreme V6– R$ 306.190

Volkswagen Amarok em números de vendas em 2021

A picape média já emplacou no acumulado de 2021, ou seja, entre janeiro e setembro, 5.563 unidades. Dessa forma, ela é o sexto modelo mais vendido em sua categoria, e fica atrás de nomes como a líder Toyota Hilux (32.572), Chevrolet S10 (25.959), Ford Ranger (15.160), Mitsubishi L200 Triton (9.187), e Nissan Frontier (8.023).

“O público da Amarok é diverso e tem se mostrado bastante fiel ao segmento. Pensar em uma linha de comunicação para esse target é sempre desafiador, pois sabemos que a picape é utilizada para diversas situações. Seja para trabalho no campo e na cidade, seja para passear, ou, ainda, viver uma aventura, a Amarok sempre será a melhor escolha. Por isso, pensando nessa pluralidade de perfis de uso, somada à potência inigualável da Amarok V6 com 258 cv, buscamos o desenvolvimento de uma linha criativa que dá o protagonismo para os clientes, que se sentirão, literalmente, domadores da Amarok V6 com 258 cv”, explicou o gerente executivo de Gestão da Marca e Comunicações da Volkswagen América do Sul, Leandro Ramino, em novembro de 2020.

Aproveite e veja também: Renault Sandero 2022 tem preços acessíveis com visual modernizado

Motorização VW Amarok 2022

A linha 2022 está disponível com duas opções de motorização, a primeira delas, contempla as duas versões de entrada. Ambas contam com um motor 2.0 TDI de 180 cv de potência e 46,6 kgf,m de torque. A transmissão é automática de oito velocidades.

Já as duas versões topo de linha possuem um motor V6 3.0 litros a diesel. Ele tem potência de 258 cv e torque de 59,1 kgf,m. A picape acelera de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos. Já o de 80 km/h a 120 km/h é realizado em 5,6 segundos.

Volkswagen Amarok V6
O modelo é o sexto mais vendido em sua categoria (Foto: Divulgação) – VW Amarok aumenta

 

Nicole Santana

Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo, e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe.

O post VW Amarok 2022 aumenta e passa dos R$ 300 mil, vale à pena? apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?