Não categorizado

Alta no preço da gasolina já impacta no transporte por aplicativo

Transporte por aplicativo

Os altos preços dos combustíveis estão dando dor de cabeça para muitos. Principalmente para quem trabalha com transporte por aplicativo. Hoje, motoristas precisam trabalhar o dobro para garantir o mesmo valor arrecadado antes do aumento. Entenda o caso.

transporte por aplicativo
Uber (Foto: Pixabay)

Motoristas de transporte por aplicativo cancelam viagens

A consequência da alta do combustível faz com que muitos motoristas de transporte por aplicativo deixem de aceitar viagens mais curtas. As mesmas, agora não compensam financeiramente.

Em entrevista para o jornal Diário do Grande ABC, o motorista de transporte por aplicativo, Guilherme Paes, 29, afirma que trabalhava cerca de oito horas por dia. Hoje, para equilibrar a alta do combustível, chega a trabalhar 14 horas para receber o mesmo que recebia antes. Ele ainda completa que viagens curtas, já não são mais vantajosas.

 “Depende da dinâmica de cada motorista, mas alguns já recusam viagens curtas, porque acaba não valendo a pena. No horário de pico, as longas também acabam não compensando, porque a gente gasta muito combustível. Está complicado. Antes, a gente separava 30% do que ganhava para o combustível e agora já está chegando à metade.” Afirma o motorista.

A ação de muitos motoristas em não aceitar determinadas corridas, tem gerado um maior número de espera por quem solicita o serviço. Em resposta ao tema, a Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia, (Amobitec), informa que os motoristas que aderem às plataformas de transporte por aplicativo têm flexibilidade em poder escolher livremente os dias e horários que preferem atuar, podendo ligar ou desligar os aplicativos a qualquer momento.

“O que tem provocado o maior tempo de espera, em algumas cidades e horários, é o aumento exponencial da demanda por corridas, levando a um desequilíbrio temporário entre a oferta e a demanda no mercado”, afirmou em nota.

Uber e 99 lançam parcerias de desconto para motoristas de transporte por aplicativo

Como forma de ajuda aos motoristas, a plataforma 99 desenvolveu um plano de parceria junto com o posto Shell para conseguir descontos para os motoristas. Segundo a empresa, a ação já gerou cerca de R$ 3 milhões em descontos. Além disso, a mesma afirma que em determinados horários do dia, zera as taxas da corrida. Ou seja, 100% do valor da corrida é repassada ao motorista.

transporte por aplicativo
Aplicativos de viagens (Foto: Freepik)

Veja também: Motoristas de aplicativo: 99 lança pacote de apoio aos parceiros

A Uber e nota também afirmou que trabalha para auxiliar os motoristas. A empresa através de parceria com o posto Ipiranga, oferece aos motoristas da plataforma desconto de 4% nos combustíveis da rede.

No entanto, as medidas tomadas não são o suficiente, e muitos motoristas estão desistindo da modalidade. Na região norte do país, somente esse ano, mais de 14% dos motoristas da Uber desistiram de atuar na plataforma devido aos altos valores do combustível.

Crise geral

A crise causada pelos altos valores nas bombas de combustível tem ocasionado problemas como esses, e também em outros setores de entrega, como serviços oferecidos pela Lalamove. Os motoristas que aderem ao serviço questionam que o valor recebido não é compatível com o que gastam de gasolina. Além disso, motoristas terceirizados que oferecem serviços para transportadoras também reclamam da falta de reajuste.

transporte por aplicativo
aplicativos de viagens (Foto: Freepik)c

 

Nicole Santana

Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo, e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe.

O post Alta no preço da gasolina já impacta no transporte por aplicativo apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?