Não categorizado

Ano de baixas: veja 10 carros que já saíram de linha em 2021

O ano de 2021 nem chegou à metade ainda, mas vários carros nacionais já saíram de linha: o AutoPapo contabilizou nada menos que 10 baixas, de diferentes fabricantes. E olha que, até o mês de dezembro, outros modelos também devem deixar o mercado.

VEJA TAMBÉM:

10 carros que saíram de linha em 2021

Ao que tudo indica, 2021 deve entrar para a história da indústria automobilística nacional como recordista em modelos descontinuados. Confira o listão e saiba quais carros já saíram de linha!

1. Chevrolet Montana

chevrolet montana 2020 frente
Segunda geração da Montana teve menos aceitação que a primeira (foto: Chevrolet | Divulgação)

A Montana é a última entre os caros que saíram de linha em 2021. A Chevrolet não confirma nem desmente essa informação e ainda mantém a picape no site comercial, na versão única LS, com preço a partir de R$ 78.790. Porém, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul antecipou o anúncio do encerramento da produção.

Com essa medida, a GM começa a adequar a fábrica para a produção de uma nova picape, derivada do atual Tracker. Trata-se de uma rival direta para a Fiat Toro e a futura Volkswagen Tarok. É possível que o novo modelo mantenha o nome Montana, mas isso ainda não está confirmado.

A saída da Montana do mercado não chega a surpreender. Derivada do igualmente extinto Agile, a atual geração baseava-se na antiquada plataforma 4.200, oriunda do primeiro Corsa. Ademais, desde que ganhou as ruas, em 2010, a atual gama nunca recebeu atualizações. As vendas também não iam bem: a caminhonete passou os últimos anos da carreira na lanterna do segmento.

2. Volkswagen up!

vw up 2020
Produção do up! durou apenas 7 anos (foto: Volkswagen | Divulgação)

A trajetória do up! no Brasil foi bastante curta: do lançamento, em 2014, até o fim da linha, no último mês de abril, passaram-se apenas 7 anos. O modelo sempre teve boas qualidades técnicas, mas nunca atingiu grandes volumes de vendas. A própria Volkswagen confirmou o encerramento da produção e nem exibe mais o subcompacto no site comercial.

Nos últimos tempos, o up! era vendido em versão única Xtreme, homologada para apenas quatro ocupantes. Curiosamente, a Volkswagen continua fabricando Gol e Fox, que têm projetos mais antigos, mas ainda conseguem manter volumes de vendas razoáveis. O primeiro, porém, deve sair de linha até o fim do ano.

3. Toyota Etios

toyota etios hatch branco de frente
Carros da linha Etios saíram de linha no mundo todo (foto: Toyota | Divulgação)

Outra despedida que já era esperada em 2021 foi a do Etios. O modelo, que há tempos não recebia atualizações, abre espaço na fábrica da Toyota em Sorocaba (SP) para o Corolla Cross.

O Etios nunca foi exatamente um sucesso comercial. Aliás, essa situação ocorreu não apenas no Brasil, como também na Ásia, onde a gama surgiu. Por isso, a Toyota desistiu de desenvolver uma nova geração global. Por aqui, a situação do modelo ficou ainda pior após a chegada da linha Yaris, em 2018.

4. Toyota Etios Sedan

toyota etios sedan prata lateral em movimento
Sedan e hatch chegaram e saíram juntos do mercado (foto: Toyota | Divulgação)

Os dois carros da gama Etios, o Hatch e o Sedan, saíram de linha juntos, no último mês de março. Alias, eles também chegaram simultaneamente ao mercado, em 2012. Ambos estavam na mesma situação: desatualizados e ofuscados pela gama Yaris.

5. Citroën C3

citroen c3 versao 100 anos
Citroën já não fabricava mais o C3 desde o ano passado (foto: Citroën | Divulgação)

Na primeira geração, até que o Citroën C3 conseguiu atingir um volume de vendas significativo. Contudo, a segunda safra, apresentada em 2012, sempre teve presença apagada no mercado. Nos últimos anos, em especial, o hatch mantinha um volume pífio de emplacamentos.

Informações extraoficiais indicam que o C3 já estava fora de linha desde o ano passado. O caso é que a Citroën não confirmou o encerramento da produção e manteve o modelo à venda, graças a estoques. Agora, em 2021, o fabricante finalmente o retirou da gama. Uma nova geração está em desenvolvimento, mas só deve chegar ao mercado em 2022.

6. Citroën AirCross

citroen c3 aircross 2016 vermelho de frente
AirCross sempre teve participação apagada no mercado (foto: Citroën | Divulgação)

“Irmão” de plataforma do C3, o AirCross tinha uma presença igualmente discreta no mercado. Com proposta mais aventureira e familiar que o hatch, o utilitário enfrentava, desde 2018, a concorrência interna do Citroën C4 Cactus, que tem projeto bem mais atual.

Desde o lançamento, em 2010, até fim da produção, o AirCross manteve a mesma carroceria, mas ganhou uma reestilização em 2015. O fim da trajetória foi idêntico ao do C3: os dois carros saíram de linha juntos, no ano passado, mas seguiram no site da Citroën até 2021. Enquanto o hatch terá uma nova geração, o utilitário não deixará sucessor direto.

7. Ford EcoSport

ecosportstorm 12
EcoSport inaugurou o segmento de SUVs compactos no Brasil (foto: Ford | Divulgação)

Ao contrário de outros carros do listão, a saída do EcoSport do mercado causou espanto. O fim da produção é consequência direta do fechamento das fábricas da Ford no Brasil, que passou atuar no país apenas como importadora. O SUV tinha um volume de vendas razoável e, em 2017, havia ganhado atualizações em design, acabamento e mecânica.

A história do EcoSport é diretamente associada ao surgimento dos SUVs compactos no Brasil: foi o modelo da Ford que inaugurou esse segmento, em 2003. A segunda e última geração surgiu em 2012 e chegou a ser fabricada em outros países. A gama teve diversas opções, inclusive versões com tração 4×4.

8. Ford Ka

ford ka hatch cinza de frente
Ka era o produto mais vendido da Ford no Brasil (foto: Ford | Divulgação)

Com o fechamento das fábricas, todos os carros nacionais da Ford saíram de linha, o que inclui também o Ka. Era um dos hatches mais tradicionais do mercado brasileiro: desde o lançamento, em 1997, três gerações do modelo estiveram à venda.

O Ka era o produto mais vendido e acessível da Ford no mercado brasileiro ao longo dos últimos anos. O hatch, em especial, mantinha presença constante no ranking dos 10 automóveis mais vendidos do país. Atualmente, o produto mais em conta da marca é a Ranger XL Cabine Simples, que tem preço de R$ 170.190.

9. Ford Ka Sedan

ford ka sedan cinza de frente em movimento
Carros nacionais da Ford saíram de linha devido ao fechamento de fábricas (foto: Ford | Divulgação)

Mais recente que os “irmãos” de plataforma, o Ka Sedan só apareceu em 2014, junto com a terceira e última geração da gama. Entrou para a história como um dos últimos carros nacionais da Ford, junto com o similar Hatch e o EcoSport: os três saíram de linha ao mesmo tempo.

10. Fiat Strada (antiga geração)

fiat strada working branca de frente
Antiga geração da Strada conviveu pouquíssimo tempo com a nova (foto: Fiat | Divulgação)

Quando lançou a nova Strada, no ano passado, a Fiat manteve a produção da antiga geração, unicamente na versão Hard Working Cabine Simples. A ideia era oferecer o produto decano em uma faixa de preço interior e atender, principalmente, à demanda dos frotistas. Isso gerou uma expectativa de que as duas safras conviveriam pelo menos até o fim de 2021.

Mas não foi o que aconteceu. Em janeiro, apenas seis meses após o lançamento da segunda geração, a Fiat descontinuou a antiga Strada. O motivo, segundo o fabricante, foi o sucesso do novo modelo, inclusive nas versões mais em conta. A picape era o último integrante da família Palio ainda em produção.

Bônus: Audi A3 Sedan

audi a3 sedan
Sem produção nacional, A3 seguirá no mercado via importação (foto: Audi | Divulgação)

O A3 Sedan entrou no listão como bônus porque constitui um caso à parte, já que ele seguirá no mercado como importado: a Audi, inclusive, já confirmou o lançamento da nova geração para setembro próximo. A unidade industrial de São José dos Pinhais (PR) já não fabricava mais o modelo há cerca de um ano. Todavia, o fabricante só confirmou o fim da produção em fevereiro último.

É a segunda vez que o Audi A3 sai de linha no Brasil: a primeira ocorreu em 2004, quando o modelo estava na primeira geração. Na época, só existia a configuração hatch. Sem produção local, o modelo perderá participação no mercado. O Sedan da nova linhagem virá em versão única, com preço bem mais alto, de R$ 284.990.

Audi repete a Ford? Empresa vai fechar fábrica no Brasil? Assista ao vídeo!

O post Ano de baixas: veja 10 carros que já saíram de linha em 2021 apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?