Não categorizado

É oficial: último ano dos carros a combustão na Europa será 2035

O fim está próximo: a Comissão Europeia, entidade executiva que representa os interesses socioeconômicos da União de 27 países do Velho Continente, apresentou nesta quarta-feira (14) as diretrizes para tornar o transporte mais sustentável. E o plano prevê que, a partir de 2035, todos os carros novos vendidos nos países do bloco tenham propulsão elétrica, selando a extinção do motor a combustão.

VEJA TAMBÉM:

Vale destacar que o objetivo da Comissão Europeia é que, a partir de 2035, os veículos não emitam qualquer tipo de gás poluente. Isso significa que carros híbridos, que unem o motor a combustão à propulsão elétrica, também serão banidos. Só veículos totalmente elétricos, com baterias ou movidos por célula de hidrogênio, serão vendidos no continente.

E o plano não para por aí. Até 2030, os fabricantes terão que reduzir as emissões dos veículos leves em 55%. Para modelos pesados e comerciais, a determinação é reduzir a poluição em 50%. Nem os aviões escaparam das novas diretrizes ambientais: o setor perderá isenções tributárias relativas a combustíveis, a menos que passe a utilizar similares renováveis.

Carros a combustão respondem por 15% das emissões

Com esse plano, a União Europeia pretende tomar uma medida decisiva para descarbonizar a própria economia e evitar mais mudanças climáticas. Segundo a comissão, cerca de 15% das emissões de CO2 dos países do bloco provêm dos automóveis.

O plano, porém, ainda não começou a valer: precisa passar pelo parlamento europeu para entrar em vigor. Por enquanto, o texto ainda trata de intenções. Mas a maioria dos países do bloco está bastante comprometida com a causa ambiental. Ao que parece, os carros com motor a combustão realmente devem ter menos de duas décadas de sobrevida antes da chegada do tsunami elétrico por lá.

O post É oficial: último ano dos carros a combustão na Europa será 2035 apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?