Não categorizado

“Eu não jogo dinheiro no lixo!”

“Eu não jogo meu dinheiro no lixo e revisão periódica é conversa fiada! Só quando percebo que está pintando algum problema eu levo o carro para a oficina”.

Não são poucos os motoristas que falam essa besteira, porque a manutenção corretiva custa muito mais que a preventiva. Até se perceber, por exemplo, que tem algum problema na regulagem do motor,  já se rodou semanas ou meses pagando uma conta muito maior de combustível no fim do mês. Isto sim, é jogar dinheiro no lixo!

Na revisão periódica se percebe o desgaste das pastilhas, para evitar que cheguem ao “osso”. Se deixar para trocá-las quando  já acabaram e danificaram os discos, a conta aumenta muito pela necessidade de reparar (ou substituir) os rotores (discos).

VEJA TAMBÉM:

Outro bom exemplo são os filtros. Os de combustível custam relativamente barato, mas muito caro se um dia o carro parar na estrada por um deles entupido.

O de ar, se não substituído na hora certa, interfere no consumo de combustível. Filtro do ar ou de cabine custa muito menos do que uma consulta médica…

O post “Eu não jogo dinheiro no lixo!” apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?