Não categorizado

Hankook também desenvolve pneu sem ar (e se inspira em células)

A Hankook é a última fabricante a desenvolver um pneu que não utiliza ar: uma trama de raios suporta a banda de rodagem e, ao mesmo tempo, consegue absorver irregularidades. A empresa apresentou a novidade na CES, feira de tecnologia que ocorre em Las Vegas, EUA.

Indústrias do setor vêm desenvolvendo componentes desse tipo há pelo menos 10 anos. Em 2019, a Michelin já havia apresentado um pneu sem ar; no ano passado, foi a vez da Goodyear revelar um modelo semelhante. A diferença é que o projeto da Hankook se inspira em estruturas de células vivas.

O pneu sem ar apresentado pela da Hankook equipa o módulo Plug & Drive, criado pela Hyundai. Trata-se de um robô que entrega e recebe objetos. De acordo com a empresa, no futuro, esse tipo de equipamento será comum, fazendo uma espécie de serviço de delivery doméstico. Assista ao vídeo e saiba mais:

VEJA TAMBÉM:

Como foi criado para equipar o tal robô, o pneu sem ar da Hankook pode se mover em ambas as direções: para frente e para trás. Isso pode parecer bobagem, mas fez toda a diferença no desenvolvimento do projeto. Componente tem diâmetro de 40 cm (16 polegadas) e largura de 10, 5 cm (4 polegadas).

Pneu sem ar chegará aos automóveis?

O fabricante não esconde que o objetivo é que, no futuro, essa tecnologia chegue até os automóveis. A empresa destaca que o componente não precisa de calibragem ou outros tipos de manutenção e oferece maior segurança que o do tipo tradicional, pois não corre o risco de estourar. Por isso, seria perfeito para para veículos autônomos e de frotas.

A Hankook afirma que está desenvolvendo a tecnologia desde 2010 e que continuará investindo no projetos nos próximos anos. Porém, a empresa ainda não estabeleceu uma data para colocar a novidade no mercado.

O post Hankook também desenvolve pneu sem ar (e se inspira em células) apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?