Não categorizado

Novo Creta 2022 vem com reforço na tecnologia e estilo ousado

Até recentemente, quando o assunto era SUV compacto, não era comum falar de itens como controle de velocidade adaptativo (ACC), sistema de permanência em faixa com correção de volante e frenagem automática para pedestres, veículos e ciclistas. O Nissan Kicks e o Volkswagen Nivus trouxeram algumas dessas tecnologias, mas agora o Hyundai Creta 2022 amplia o conteúdo, com o pacote batizado de SmartSense.

A pré-venda da linha 2022 do SUV começa hoje (25), apenas para atuais proprietários de Creta ou HB20. Para os demais clientes, o modelo estará disponível a partir de amanhã. O modelo antigo permanece em produção na versão Action, com motor 1.6, por R$ 99.790.

Versão Preço
Creta Comfort R$ 107.490
Creta Limited R$ 120.490
Creta Platinum R$ 135.490
Creta Ultimate R$ 146.990

A Hyundai informa que os compradores das primeiras 1.000 unidades terão direito a um ano de gratuidade do sistema de conectividade Bluelink e do Sem Parar. Além disso, em caso de financiamento com entrada a partir de 50%, a primeira parcela vence em janeiro. As vendas normais começam na primeira quinzena do mês que vem.

Creta 2022: principais conteúdos por versão

São quatro versões: Comfort, Limited, Platinum e Ultimate. As três primeiras utilizam motor 1.0 turbo GDI de injeção direta e 120 cv, o mesmo já em uso no HB20. A topo de linha Ultimate mantém o 2.0 aspirado do Creta anterior, mas retrabalhado. Entre as mudanças, abandonou o antigo nome (“Nu”) e assumiu a denominação Smartstream. Também ganhou 1 cv (agora são 167 cv com etanol). O câmbio é automático de seis marchas em todas as versões.

Hyundai Creta Comfort 1.0 T

  • 6 airbags
  • Rodas aro 16″
  • Controle de estabilidade
  • Assistente de partida em rampa
  • Freios a disco nas quatro rodas
  • Sistema de monitoramento de pressão dos pneus
  • Luzes diurnas de LEDs
  • Multimídia de 8″
  • Câmera traseira
  • Controlador automático de velocidade
  • Coluna de direção ajustável em altura e profundidade
  • Vidros elétricos nas quatro portas com um toque

Hyundai Creta Limited 1.0 T

  • Bluelink
  • Rodas aro 17″
  • Faróis de neblina
  • Retrovisores eletricamente rebatíveis
  • Carregador de celular sem fio
  • Sensor de obstáculos traseiro
  • Ar-condicionado automático
  • Chave presencial
  • Volante de couro
  • Saídas de ar na traseira
  • Alavancas de câmbio no volante

Hyundai Creta Platinum 1.0 T

  • Teto solar panorâmico
  • Banco do motorista com ventilação
  • Quadro de instrumentos de 7″
  • Modos de condução
  • Freio de estacionamento eletrônico
  • Alerta de ocupante traseiro
  • Multimídia de 10,25″
  • Câmera de 360º
  • Monitor de ponto cego

Hyundai Creta Ultimate 2.0

  • Frenagem autônoma
  • Permanência em faixa
  • Controle de velocidade adaptativo
  • Auxiliar de farol alto
  • Rodas aro 18″
  • Interior bicolor
  • Faróis Full LEDs
  • Lanternas de LEDs
  • Sensor de obstáculos na frente
  • Detector de fadiga

Visual do Creta 2022

Além do banho de tecnologia, a segunda geração do Creta chama atenção pelo estilo. A Hyundai nunca teve medo de apostar em visual fora do comum. Foi assim no primeiro HB20 (quando surpreendeu positivamente) e voltou a ser assim na profunda reestilização, realizada no final de 2019 (quando gerou muitas críticas). Pois não é que agora ela resolveu causar de novo?

De frente, o SUV ficou mais agressivo e moderno. As duas versões mais caras (Platinum 1.0 e Ultimate 2.0) têm uma volumosa grade hexagonal com detalhes cromados, um tipo de acabamento que a marca chama de “cascata”. Os faróis, de LEDs na versão mais cara, são divididos. Todas as versões têm luzes diurnas de LEDs.

hyundai creta 2022 creta platinum 7

Mas o ponto que vai gerar polêmicas é a traseira. O modelo desenvolvido no centro de design da marca na Coreia do Sul tem lanternas fragmentadas, num formato totalmente fora do convencional. Para quem já tinha estranhado o desenho das lanternas do HB20… Completa o visual o nome Creta com as letras bem espaçadas, ocupando boa parte da tampa. Nem precisava. Se algum carro será reconhecido imediatamente, será o SUV de Piracicaba!

Mais espaço interno

O Creta 2022 teve um pequeno crescimento. O comprimento passou para 4,3 m (1 cm a mais), enquanto a largura agora é de 1,79 m (também 1 cm adicional). A distância entre-eixos cresceu 2 cm, para 2,61 m. A altura não mudou (1,63 m).

Por causa dos para-choques redesenhados, o ângulo de entrada teve uma mínima redução (de 21º para 20,4º), enquanto o ângulo de saída teve ligeiro aumento (de 28º para 28,3º).

Graças ao maior entre-eixos, o espaço para joelhos melhorou um pouco no banco traseiro. Além disso, como o assoalho é praticamente plano, o eventual quinto passageiro viaja com mais conforto.

Já o porta-malas perdeu 9 litros (de 431 para 422 l), por causa de um ressalto na base do compartimento.

hyundai creta 2022 creta ultimate 46

Novo Creta está mais elegante por dentro

Por dentro o Creta tem visual elegante. O novo painel transmite sensação de requinte, embora os plásticos sejam tão rígidos como no modelo anterior. As texturas são bem trabalhadas, e a versão Ultimate tem acabamento em dois tons. A central multimídia com uma grande tela horizontal de 10,25″ domina o painel. Nas versões básicas, ela tem 8″.

O quadro de instrumentos é formado por uma tela digital de 7″, em combinação com mostradores analógicos nas laterais (conta-giros, combustível e temperatura do motor). Quando a seta é acionada, a imagem da lateral aparece na tela. Ela não deve substituir os retrovisores, mas é útil porque pode revelar eventuais pontos cegos.

O novo console está mais alto e melhorou muito. O freio de estacionamento é eletrônico, e a alavanca de câmbio é moderna e lembra um taco de golfe (como nos Audi). É ali que fica o seletor dos modos de condução.

O motorista pode optar entre o eco, normal, smart e esportivo. De acordo com a escolha, as respostas de aceleração, ponto de troca de marchas e peso da direção se alteram, assim como a coloração do painel, que pode ser verde (eco), azul (normal) ou vermelha (esportivo).

O novo volante tem base reta, e a coluna de direção é regulável em altura e profundidade. Os bancos de couro têm ajustes manuais, mas o do motorista dispõe de ventilação, como no Creta anterior.

O ar-condicionado é digital, mas não oferece possibilidade de dupla zona de regulagem. De qualquer forma, há saídas para o banco traseiro. Ali há também uma porta USB, para carregamento de celular.

Desempenho é bom

O 1.0 turbo não decepcionou no Creta 2022. Não há atraso (lag) nas respostas, e o pequeno propulsor de três cilindros pouco sentiu o fardo de 1.270 kg nas costas. A ressalva é que a avaliação foi feita em uma pista travada, o Haras Tuiuti, no interior de São Paulo. Assim, a aprovação não é definitiva, e precisa de uma segunda dose, como vacina.

Para garantir que o carro dá conta do recado, nada como o uso no dia a dia, enfrentando trechos de subidas, por exemplo. Mas é possível afirmar que o aperitivo é bom. O torque de 17,5 mkgf está disponível a partir de 1.500 rpm, o que explica as respostas animadas.

Mesmo sem pisar muito fundo no acelerador, a velocidade sobe rapidamente, e o motor conversa amigavelmente com o câmbio. A propósito, há alavancas prateadas no volante, para trocas manuais.

Motor 2.0: mais econômico

O 2.0 passou por mudanças que envolveram câmara de combustão redesenhada e aprimoramento no sistema de refrigeração, para melhorar o arrefecimento. A potência subiu pouco (apenas 1 cv, de 166 para 167 cv com etanol) e o torque praticamente não foi alterado (apenas um décimo, e agora são 20,6 mkgf com etanol). Mas a Hyundai informa que ele ficou 8% mais econômico.

Na prática, a exemplo do 1.0 turbo, ele tem acelerações e retomadas convincentes. De acordo com os números oficiais, o Creta 2.0 faz 0 a 100 km/h em 9,3 s e chega a 190 km/h. O 1.0 chega a 100 km/h em 11,5 s e alcança 180 km/h.

Consumo do novo Creta 2022

Quanto ao consumo, para novo Creta 2022 1.0 turbo, a Hyundai informa média urbana de 8,3 km/l com etanol e 11,6 km/l com gasolina. No novo Creta 2022 2.0, os números são 7,7 km/l (etanol) e 10,9 km/l (gasolina). Na estrada, eles são equivalentes. Os dois fazem média de 8,7 km/l com etanol. Com combustível fóssil, o 2.0 supera levemente o 1.0: média de 10,4 km/l, ante 10,0 km/l com combustível renovável.

A resposta da direção elétrica é precisa, e a suspensão (que foi recalibrada) também agradou. A carroceria se inclina pouco nas curvas (para um SUV, claro). A suspensão é independente na frente e por eixo de torção atrás.

Colaboram os pneus de perfil baixo 215/60 R17 no 1.0 Platinum e 215/55 R18 no 2.0 Ultimate.

Visão do entorno pelo celular

Por meio do celular, é possível realizar diversos comandos, como ligar o motor, ajustar a temperatura do ar-condicionado e até visualizar a imagem ao redor do veículo, por meio das câmeras que permitem cobertura de 360º. O sistema é uma evolução do Bluelink, já disponível para o HB20.

Mas, após um período de gratuidade de seis meses, a conectividade passa a ser cobrada, por um plano que começa em R$ 29,90 por mês. De acordo com as previsões da marca, as três versões com motor 1.0 turbo deverão concentrar cerca de 80% das vendas. A garantia de cinco anos continua a ser um dos pontos positivos da Hyundai.

Veja como funciona, algumas funções do Bluelink:

Fotos: Hyundai | Divulgação 

O post Novo Creta 2022 vem com reforço na tecnologia e estilo ousado apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?