Não categorizado

Usar o carro em estradas de terra e calçamento prejudica a suspensão?

Boa pavimentação não é algo exatamente comum na malha viária brasileira, mas em alguns locais a situação é particularmente delicada. Estradas de terra ou ruas calçadas com pedras irregulares estão incluídas nos trajetos diários de determinados motoristas. Nesses casos, como fica a suspensão do carro? A vida útil dos componentes será menor?

VEJA TAMBÉM:

Para responder a essas perguntas, o AutoPapo consultou Ricardo Dilser, assessor técnico do Grupo Stellantis. A boa nova é que submeter o veículo e esse tipo de trajeto de maneira eventual não costuma gerar desgaste prematuro. Porém, há também uma má notícia: trafegar constantemente com o carro sobre pisos muito irregulares tende, sim, a reduzir a vida útil dos componentes da suspensão.

Dilser explica que circular frequentemente por vias muito malconservadas ou irregulares constitui uso severo da suspensão do carro. Segundo o especialista, é impossível estimar com precisão qual será a redução da vida útil nessas circunstâncias, pois há diversas variáveis entre um caso e outro. Contudo, ele alerta que, em situações extremas, a durabilidade desses componentes do veículo pode cair pela metade:

Em vias muito malconservadas, projeta-se uma redução na vida útil de até duas vezes: ou seja, 100 mil quilômetros em estradas de terra podem corresponder a 200 mil quilômetros no asfalto.”

Além disso, o assessor técnico do Grupo Stellantis acrescenta que testes de durabilidade realizados pelos fabricantes geralmente são realizados em estradas de terra irregulares, justamente para levar os veículos aos limites da utilização.

Como preservar a suspensão do carro?

Caso seja impossível evitar vias sem pavimentação ou com calçamento irregular nos deslocamentos diários, Dilser dá algumas dicas:

1. Atenção à calibragem dos pneus

Os pneus contribuem para absorver os solavancos causados pelas irregularidades do solo. Se estiverem murchos ou muito cheios, transmitirão mais impactos para as rodas e, consequentemente, para a suspensão do carro, o que pode aumentar o desgaste de componentes como amortecedores, buchas e bandejas. Por isso, o especialista da Stellantis aconselha a sempre manter a calibragem recomendada pelo manual do proprietário.

2. Mantenha o veículo alinhado

Circular de carro com a direção desalinhada sobrecarrega o sistema como um todo. O conjunto começa a receber forças adicionais, que também contribuirão para reduzir a vida útil de outras peças da suspensão. Em estradas de terra ou com pavimentação irregular, tal processo torna-se ainda mais crítico.

3. Não ignore problemas na suspensão do carro

Caso algum dos braços da suspensão estiver empenado, ou se um dos amortecedores ou buchas tiver perdido a ação, o resultado também será a geração de maiores esforços para os outros componentes. Assim, é fundamental manter qualquer carro submetido a uso severo com a manutenção da suspensão em dia. Postergar a troca de uma peça defeituosa acarretará prejuízos maiores.

Você sabe como fazer o teste prático de amortecedor? Pois não confie totalmente nele: assista ao vídeo e entenda!

O post Usar o carro em estradas de terra e calçamento prejudica a suspensão? apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?