Não categorizado

Veja o pega entre carro de 1500 cv e avião a jato: quem leva a melhor?

Landivisiau, localizada no noroeste da França, foi palco de uma disputa extraordinária e um tanto incomum. o hipercarro Bugatti Chiron Sport e o jato da Marinha Dassault Rafale Marine – dois produtos de alta tecnologia da França e que estão no topo de seus respectivos segmentos – pegaram um “racha” que, segundo os organizadores, deu empate.

Essa não é a primeira vez que um carro da Bugatti enfrenta um jato. Em 2007 um Veyron 16.4 fez uma corrida de arrancada contra um Eurofighter Typhoon. No entanto, o confronto de 2021 tinha um objetivo: ver como ambos se comportam em relação à aceleração, torque e o comportamento de frenagem.

VEJA TAMBÉM:

 A disputa entre as máquinas

Ocupando as cabines estavam dois profissionais: Pierre-Henri Rapahnel, piloto de testes da Bugatti no Chiron, e o capitão da fragata, Etiene, a bordo do Rafale Marine.

No início da disputa, o Chiron asummiu a liderança. O superesportivo é capaz de fazer de 0 a 100 km/h em 2,4 segundo e pode chegar aos 400km/h em 32,6 segundos – tempo que o Rafale Marin leva para decolar.

A aeronave atinge 165 km/h após 150 metros e decola após percorrer 450m a aproximadamente 260km/h. “Afastei-me do Rafale nas primeiras centenas de metros, mas depois de mais algumas centenas de metros ele estava cerca de 20 metros acima e ao meu lado no ar. Uma visão incrível e fantástica”, disse Pierre-Henri Raphanel.

Para se manter em um lado seguro, o piloto que guiava o Bugatti Chiron iniciou a manobra de frenagem após, aproximadamente, 1,5km quando estava a mais de 350 km/h. Enquanto isso, o jato Rafele desaparecia no horizonte.

O Bugatti Chiron Sport

A Bugatti mantém vínculos estreitos com o mundo da aviação há mais de 110 anos. Muitos dos pilotos de carros de corrida Bugatti de sucesso, como Albert Divo, Robert Benoist e Bartolomeo “Meo” Costantini, voaram para a Força Aérea Francesa no início do século passado.

A montadora francesa revelou o modelo no final do ano passado, e o limitou a 20 unidades. Essa foi a forma que a marca encontrou para homenagear a aviação e os ex-motoristas da era de ouro da Bugatti, que também pilotavam aviões.

O motor W16 de 8,0 litros fornece 1.500cv e um torque de 163 kgfm. Além disso, o veículo conta com uma transmissão de dupla embreagem com sete marchas, que transfere a potência para os quatro pneus. O superesportivo é vendido a um preço líquido de € 2,88 milhões (R$ 18,6 milhões).

Abaixo você pode assistir o vídeo do ‘pega’.

O post Veja o pega entre carro de 1500 cv e avião a jato: quem leva a melhor? apareceu primeiro em AutoPapo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?