Não categorizado

Venda de carros 0 km cai 5% em agosto

Venda de veículos registra queda de 5% em agosto

Agosto registrou queda de 4,97% na venda de carros 0 km, a retração está ligada à falta de componentes automotivos que atinge a indústria automotiva mundial.

Venda de veículos registra queda de 5% em agosto
Pátio de carros (Foto: Pixabay)

Venda de carros 0 km em agosto registra queda

De acordo com dados divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave, em agosto de 2021, os emplacamentos de carros 0 km, considerando todos os segmentos automotivos (carros, motos, caminhões e ônibus), tiveram retração de 4,97%, na comparação com julho.

A queda pode ser justificada pela falta de insumos e componentes na indústria, que impede a regularização da produção em todos os segmentos.

Veja também: Entenda como a falta de semicondutores pode impactar as vendas de carros

No acumulado do ano, no entanto, o setor segue em trajetória de recuperação, com alta de 27,83% sobre os oito primeiros meses do ano passado.

“O ritmo dos emplacamentos está sendo ditado pela capacidade de entrega das montadoras, que ainda sofrem com a escassez, especialmente, de semicondutores”, analisa o presidente da Fenabrave, analisa Alarico Assumpção Júnior, que afirma que a situação deve ser normalizada em 2022.

Se comparado aos demais meses de agosto, desde 1957 quando começaram a contabilizar os registros, o mês de agosto de 2021 está na 15ª colocação do ranking.

As projeções da Fenabrave para todo o setor em 2021, se mantêm inalteradas, na expectativa de um crescimento geral de 13,6% sobre 2020.

Venda de veículos registra queda de 5% em agosto
Estacionamento de carros (Foto: Divulgação)

Automóveis e comerciais leves

Ao analisarmos apenas o segmento de automóveis e comerciais leves, o mês de agosto teve queda de 2,39% em relação a julho do mesmo ano. O cenário é semelhante entre agosto de 2020, a queda é de 8,65%.

Porém, o acumulado, entre janeiro e agosto se mantém em alta. O percentual é 20,71% positivo em relação ao mesmo período de 2020.

A Fenabrave prevê um crescimento de 10,7% para o segmento em 2021.

Outro dado disponibilizado pela entidade está relacionado à venda de elétricos. De todos os comerciais leves comprados em agosto, o segmento de híbridos e elétricos representa 2,44% do montante, o que representa um total de 3.875 unidades.

Venda de veículos registra queda de 5% em agosto
Carro BMW (Foto: Pixabay)

Motos

O segmento de duas rodas também registrou retração no comparativo com julho desse ano, o percentual é 8,77% negativos. No entanto, entre agosto de 2020 e agosto de 2021, o aumento é de 6,99%, bem como o acumulado. Esse último totaliza um percentual positivo de R$ 37,86%.

As projeções para o setor são de um aumento de 16,2% em 2021, sobre 2020.

“Esse mercado segue aquecido. A queda registrada no mês de agosto é, basicamente, resultado da baixa oferta de motocicletas, devido aos gargalos de produção já comentados. Atualmente, o agendamento da entrega de motocicletas novas está entre 40 e 50 dias”, afirma o presidente da Fenabrave, Assumpção Júnior.

Venda de veículos registra queda de 5% em agosto
Moto (Foto: Pixabay)

Caminhões

Indo na contra mão dos demais segmentos, o setor de caminhões registrou um aumento de 10,18% em relação a julho desse ano, e 56,79 em relação a agosto de 2020. O acumulado de 2021, entre janeiro e agosto, teve 48,99% de aumento sobre o mesmo período de 2020.

As projeções da entidade apontam para um aumento de 30,5% na comercialização de caminhões novos este ano.

Venda de veículos registra queda de 5% em agosto
Estacionamento de caminhões (Foto: Pixabay)

 

Nicole Santana

Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo, e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe.

O post Venda de carros 0 km cai 5% em agosto apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?