Não categorizado

Vendas de carros usados registram queda em outubro; entenda por que

vendas de carros usados em alta

Esse ano, o segmento de usados passa por um fenômeno no qual os carros estão valorizados e o mercado superaquecido. O acumulado do ano, entre os meses de janeiro e setembro já registra um percentual positivo em 30% sobre o mesmo período de 2020. No entanto, no último mês, as vendas de carros usados em comparação a comercialização no mês de setembro, o segmento registrou queda, entenda os motivos e confira mais informações.

vendas de carros usados em alta
Vendas de carros usados está em alta em 2021 (Foto: Divulgação)

Vendas de carros usados recua em outubro

A Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores, a Fenauto, entidade que acompanha os dados do segmento de vendas de carros usados divulgou seu relatório mensal sobre a movimentação das vendas de carros usados e seminovos, durante o mês de outubro de 2021.

Segundo o informativo, a média de vendas diárias por dia útil, no mês, ficou 8,5% menor do que a registrada em setembro. O resultado se deve, além de outras incertezas do mercado, a mais um feriado emendado, desta vez, o da Padroeira do Brasil, no dia 12 outubro.

VEJA TAMBÉM

Durante o período, foram comercializados diariamente 58.424 veículos usados, contra 63.823 por dia, em setembro. O total do mês ficou em 1.168.479 veículos, contra 1.340.277 no mês anterior.

Vendas de carros usados registram queda em outubro
Imagem Ilustrativa

Acumulado de vendas de carros usados é 30% maior que 2020

No entanto, segundo a entidade, mesmo com essa queda nas vendas por dia útil, a boa notícia é que o total de acumulado de carros usados comercializados até o final de outubro, já ultrapassou a marca dos 12 milhões e setecentos mil veículos, chegando a um resultado 29,8% maior do que o mesmo período de 2020.

Até o final do mês de outubro, o total de veículos comercializados chegou a 12.739.688, contra 9.812.837 no mesmo período do ano passado, onde as vendas de seminovos já estavam em alta. Dessa forma, a Fenauto prevê um sinal da recuperação do setor após o período de lockdown vivido anteriormente.

Para o presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos, “as variações de vendas ainda podem ocorrer até o final do ano, já que, além de mais feriados emendados em novembro, elas podem ser influenciadas por outros fatores como a taxa de juros, a oferta de crédito mais seletivo, a preocupação com o rigor fiscal, etc. Mas esperamos que o ano feche com um viés positivo, acompanhando o desempenho da economia.”

vendas de carros usados em alta
Segmento registrou queda entre setembro e outubro (Foto: Pixabay)

Aproveite e veja também: Renault Sandero 2022 tem preços acessíveis com visual modernizado

Segmento de seminovos em alta e o setor se 0 km em crise

O mercado de carros seminovos e usados está em alta, e um dos motivos para justificar o crescimento é a crise que o segmento de carros 0 km tem enfrentado.

Ainda como consequência da pandemia, muitas montadoras estão com escassez de alguns componentes automotivos, o que está gerando um atraso na produção e entrega dos veículos que já foram comprados.

Muitas marcas buscam alternativas para que não haja a necessidade de paralisar a produção mais uma vez. Como a Toyota que decidiu entregar o Corolla sem a multimídia de fábrica para focar na produção do Corolla Cross.

vendas de carros usados em alta
Segmento de 0 km está em crise com a falta de componentes automotivos (Foto: Divulgação)
Nicole Santana

Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo, e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe.

O post Vendas de carros usados registram queda em outubro; entenda por que apareceu primeiro em GARAGEM 360.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Vamos conversar?